Na próxima segunda, 27/8, às 23h, o programa South Bank Show do Film&Arts exibirá um documentário sobre o polêmico cantor australiano Nick Cave (veja ao lado clipe de Where The Wild Roses Grow com participação de Kylie Minogue). Seria difícil encontrar uma careira pop com mais contrastes que a do cantor. De príncipe anarquista, violento e viciado em drogas do mundo post-punk, a campeão da balada requintada, sua história é extraordinária.

Nascido na Austrália em 1957, Cave escreveu mais de duzentas canções, uma novela, poemas, roteiros e também fez participações em vários filmes.

"Nick Cave: Não se queime" percorre sua vida através de suas características canções, dos violentos anos do punk no início dos anos oitenta com The Birthday Party, a banda mais barulhenta da Austrália, as baladas profundamente poéticas dos últimos anos. Sua carreira passou por desastres, overdoses, elogios da crítica internacional e êxito comercial.

Com material de arquivo exclusivo, entrevistas a estrelas como Kylie Minogue e Wim Wenders, imagens em concerto gravadas especialmente e um contato íntimo com Cave, este é o importante retrato de um músico cult original e perpétuo.