A quinta edição de "Som Brasil", programa exibido mensalmente pela Rede Globo, homenageia o "maluco beleza" Raul Seixas. No ar hoje, dia 31, após "Programa do Jô", a atração comandada pela atriz Patrícia Pillar mostra um pouco sobre a vida e os sucessos do músico, que nasceu em Salvador em 1945 e morreu em São Paulo, vítima de pancreatite e do abuso de álcool, em 1989. Mesmo após 18 anos de sua morte, Raul mantém uma enorme legião de fãs e seguidores.

No programa, além de material de arquivo mostrando Raul cantando Carimbador maluco e em depoimentos sobre a carreira, a presença de Lobão, Vangart, uma banda de folk-rock de Mato Grosso, o grupo Móveis Coloniais Acaju, de Brasília e a cantora carioca Anna Luiza, interpretando sucessos como Gita, Dez mil anos atrás, Metamorfose ambulante, Plunck plact zum, Maluco beleza e Medo de chuva, entre outros.

O primeiro contato com o rock and roll se deu através dos discos de Elvis Presley, Little Richard, Fats Domino e Chuck Berry. Em 1962 criou o grupo Relâmpagos do Rock, que mais tarde se tornaram The Panters e em seguida Rauzito e os Panteras. Depois de participar do VII Festival Internacional da Canção e classificar duas músicas, lançou discos solo e, ao lado do hoje escritor Paulo Coelho, fundou a Sociedade Alternativa, que se dedicava aos estudos esotéricos. Por conta disto foi preso, torturado e exilado do país.