O documentário "Rita Cadillac – a Lady do Povo" é um dos quatro vencedores da primeira edição do Concurso Cultural Documenta Brasil, e será exibido pela primeira vez em TV aberta no próximo domingo, 19 de agosto, à meia-noite, no SBT.

Rita Cadillac é um grande ícone que fez e faz parte de várias gerações. Personifica o lado mais picante da cultura popular e as transformações de sua personagem acompanham as mudanças do imaginário sexual brasileiro. Tornou-se famosa, entre outros motivos, por sua participação como chacrete no programa do Chacrinha, famoso nos anos 80.

O documentário revela os momentos mais importantes da vida e da carreira da cantora e dançarina Rita Cadillac através de depoimentos e imagens inéditas. O filme resgatou um rico material de arquivo, desde os anos de chacrete até os filmes pornográficos atuais, passando pelas clássicas apresentações no presídio do Carandiru e no garimpo de Serra Pelada, onde nos anos 80 se apresentou para mais de 50 mil homens.

O filme conta com depoimentos da célebre transformista Rogéria, do médico Dráuzio Varella, dos cineastas Hector Babenco e Djalma Limonge Batista, e de Leleco, filho e produtor do Chacrinha. Conta também com depoimentos pessoais do filho de Rita, Carlos César, dos empresários Luis Andrade e Lourdinha, de Marinho, seu primeiro namorado, e Luis, o atual marido de Rita com quem se casou numa inusitada cerimônia durante a gravação do documentário.