A série "Sexo Forte" estréia neste sábado, dia 15 de março, às 20h30, na TV Cultura. A produção é dividida em quatro microdocumentários e será exibida todos os sábados pela emissora aberta. A série mostra histórias de mulheres da Índia, França, Afeganistão e Japão.

A série reúne minidocumentários de 41 países, organizados pela inglesa TVE – Television Trust for the Environment, que contam histórias de mulheres que, com trabalho e idéias, geram progresso, seja no campo político, social ou educacional.

O episódio indiano mostra a Índia e sua incrível diferença entre a população urbana e a rural. No país, o machismo e as resistências continuam apesar da constituição de 92 garantir a participação feminina. Já a produção francesa trata dos direitos políticos das mulheres. A França só deu voz e voto à ala feminina no pós-guerra, a partir de 1945, e até hoje elas reclamam maior participação. A produção do Afeganistão mostra a história de Malai Joya, uma das 48 parlamentares da República Islâmica do Afeganistão.

O último episódio concentra-se no Japão. É natural que, como um dos sete países mais ricos do mundo, o Japão seja visto pelos países vizinhos como um eldorado promissor. Muitas moças, de um desses vizinhos, as Filipinas, chegam ao Japão com o sonho de um emprego e acabam enfrentando uma realidade cruel, quase sempre o comércio sexual.