O programa "Salto para o Futuro" é exibido de segunda a sexta, às 19h, pela TV Escola. Nesta semana, a série apresenta aspectos da vida, da obra e do legado desse grande compositor e maestro Villa-Lobos, além de fomentar indagações sobre o Currículo do Ensino Fundamental. Os programas são reprisados de segunda a sexta, às 5h, 11h e às 15h. Confira abaixo os destaques para esta semana.

Edição Especial: Villa-Lobos e os Sons do Brasil
Segunda-feira

Programa que tem como objetivo debater aspectos da vida, da obra e do legado desse grande compositor e maestro e, ainda, refletir sobre a relação Escola e Museu, por meio do trabalho realizado pela Ação Educativa do Museu Villa-lobos, no Rio de Janeiro. O Museu Villa-Lobos, desde a sua fundação, vem desenvolvendo projetos nas áreas educativa, cultural e social, junto a um público de perfil variado, através do aprofundamento de seus objetivos essenciais, enquanto instituição pública de cultura comprometida com temas referentes à memória, à identidade e ao patrimônio.

Educandos e Educadores, Seus Direitos e o Currículo
Terça-feira

Nesse primeiro programa da série, começamos voltando-nos para os sujeitos da ação educativa, os educadores e os educandos. Que mudanças vêm acontecendo nesses sujeitos e como indagam o ensinar e aprender, a reorientação curricular e a invenção de novas práticas pedagógicas nas salas de aula e nas escolas? O foco dessas indagações será centrado nas mudanças que vêm acontecendo no que se refere ao reconhecimento dos educadores e dos educandos como sujeitos de direitos. Reconhecer as crianças e os adolescentes, os jovens e adultos e os profissionais da educação como sujeitos de direitos introduz, sem dúvida, um novo referente ético-político-pedagógico no repensar dos currículos.

Currículo e Desenvolvimento humano
Quarta-feira

A nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDBEN coloca como finalidade da educação garantir o pleno desenvolvimento humano dos educandos. Como se processa o desenvolvimento humano dos educandos? Como se dão os processos de aprendizagem? Que funções participam nesses processos? A função simbólica, a capacidade imaginativa, a memória e emoção. Como respeitar os tempos de aprendizagem? Esses são os temas em debate no segundo programa da série.

Currículo, Conhecimento e Cultura
Quinta-feira

Como recuperar o conhecimento e a cultura como configurantes dos currículos? Os currículos não são conteúdos prontos a serem repassados aos alunos. São uma construção e uma seleção de conhecimentos, valores, instrumentos da cultura produzidos em contextos e práticas sociais e culturais. Daí a preocupação em recuperar, nos currículos, a estreita relação entre conhecimento e cultura. Essas questões estão em debate no terceiro programa da série.

Diversidade e Currículo
Sexta-feira

Na sociedade e nas escolas há uma maior consciência da diversidade, das diferenças e das desigualdades que configuram nossa formação social, política e cultural. Diversidade que educadores e educandos levam para as escolas, diversidades sócio-étnico-raciais, de território, geração de deficiências, etc. Ver a diversidade como um dado positivo, libertá-la de olhares preconceituosos e superar práticas classificatórias são indagações nucleares dos currículos, bem como as concepções de conhecimento, de cultura, de saberes e valores, de processos de socialização e aprendizagem. Este é o foco do quarto programa.