O programa"Todo Seu" é exibido de segunda a quinta, às 22h, pela TV Gazeta. Nesta semana, Ronnie Von recebe a visita de Paula Morelenbaum.

Segunda-feira

A cantora Paula Morelenbaum apresenta sua bossa e suingue sofisticado. Ela fez parte da banda de Tom Jobim por dez anos, apresentando-se no Brasil, Japão, Europa, Canadá e Estados Unidos. Sua carreira solo começou, paralelamente à Banda Nova, em 1990, em Nova York, apresentando-se em diversos clubes de jazz como o Birdland, acompanhada por músicos americanos. Seu primeiro disco solo é de 1992. Produzido por Jaques Morelenbaum, o disco inclui canções de Gilberto Gil, Chico Buarque, Caetano Veloso, Rita Lee, Arrigo Barnabé, Vinicius de Moraes e Tom Jobim, entre outros. Com ele, Paula foi contemplada com o Prêmio Sharp de Música 1993, na categoria "Revelação Feminina Pop-Rock". Entre a metade da dpecada de 90 e os primeiros anos de 2000, Paula formou o quarteto vocal Jobim Morelenbaum e o trio Morelenbaum2/Sakamoto, com quem percorreu o mundo. Em 2004, Paula Morelenbaum lançou seu segundo álbum solo "Berimbaum", homenagem ao "poeta da bossa-nova" Vinicius de Moraes. Paula agora trabalho seu novo disco, “Telecoteco” fruto de sua profunda pesquisa na Musica Pupular Brasileira dos anos 40 e 50, Pré-Bossa Nova. O disco conta com a colaboração de Leo Gandelman, Jaques Morelenbaum, Gustavo Santaolalla, os violonista Chico Pinheiro e Marcos Cunha, João Donato e Marcos Valle.

Terça-feira

O compositor, arranjador e violinista Marcus Vianna interpreta sucessos da carreira, incluindo temas de novelas. O mineiro Marcus Viana nasceu em uma família de músicos. Seu pai era maestro e foi assistente e revisor das obras de Villa Lobos. Marcus, no entanto, só iniciou seus estudos musicais aos 13 anos, quando começou a aprender a tocar violino. Anos mais tarde, participaria como violinista da Orquestra Sinfônica de Harvertown, Pensilvânia, local onde produziu suas primeiras composições. De volta ao Brasil, passou a participar de Festivais de Música Popular em Minas Gerais, sendo sempre premiado com os primeiros lugares. Em 1979, cria o grupo Sagrado Coração da Terra, unindo música vocal e instrumental na linha do rock sinfônico progressivo com textos de orientação ecológica e espiritual. Sua carreira com trilha sonora começou com a parceria com Jayme Monjardim, com quem trabalhou em novelas como “Kananga do Japão”, “Pantanal”, “Ana Raio e Zé Trovão”, “O Clone”, “A Casa das Sete Mulheres”, além do longa “Olga”.

Quarta-feira

O cantor Paulo Moska agita o programa com seu som cheio de energia. Paulinho Moska iniciou sua carreira artística como integrante do grupo vocal Garganta Profunda. Em 1987, formou, com Luís Guilherme e Luiz Nicolau, o grupo Inimigos do Rei, com o qual gravou disco homônimo em 1989. É desta época a canção "Uma Barata Chamada Kafka", que se tornou o grande sucesso do grupo. Em 1992, partiu para carreira solo, atuando com o nome de Paulinho Moska. Seu primeiro disco solo é “Vontade”, de 1993. O cantor mostra no Todo seu seu mais recente CD e DVD “Mais Novo de Novo”, de 2007. O show conta com grandes sucessos do artista, como “O Último Dia”, “A Seta e o Alvo” e “Relampiano” (parceria com Lenine). O DVD conta também com os sucessos recentes do cantor, como “Pensando em Você” e “A Idade do Céu”, versão do Moska para a composição do uruguaio Jorge Drexler.

Quinta-feira

No Visão Masculina, a participação do piloto Émerson Fittipaldi. Ex-piloto nas principais categorias mundiais do automobilismo, o empresário Emerson Fittipaldi é uma das mais importantes figuras do esporte nacional. Foi o primeiro brasileiro campeão mundial em categorias de ponta internacionais, abrindo portas para vários compatriotas. Foi bicampeão da Fórmula 1, campeão da CART (Fórmula Indy) e bicampeão de uma das provas mais tradicionais da categoria, as 500 milhas de Indianápolis.