O programa "Salto para o Futuro" é exibido de segunda a sexta, às 19h, pela TV Escola. Nesta semana, a série busca pensar a literatura infantil e juvenil sob outro prisma: o dos eventos literários e a formação do leitor. Os programas são reprisados de segunda a sexta, às 5h, 11h, e às 15h. Confira abaixo os destaques para esta semana.

A Escola e os Eventos Literários
Segunda-feira

O primeiro programa vai debater estas questões: Como a escola deve se preparar para um evento literário? Como organizar esse evento? Que livros devem ser vendidos na feira do livro da escola? Como a escola, que é o espaço da fruição e da produção do saber, deve encarar um evento literário no próprio espaço escolar ou organizar a ida dos alunos a um evento literário fora da escola? Que tipo de envolvimento alunos e professores devem ter com um evento literário? Que acervos devem estar presentes nos eventos literários? Aqui nos referimos tanto aos acervos presentes nos eventos – feiras, bienais, festas – quanto àqueles existentes nas bibliotecas e salas de aula, recebidos por meio dos programas governamentais.

O Professor Leitor e Formador de Leitores
Terça-feira

A estante de livros do professor: quais são as suas leituras? Qual o compromisso do professor com o livro e a literatura? Como esses eventos podem contribuir para a formação leitora do professor e para a formação de novos leitores? Sabemos que é importante que o professor seja um leitor para formar leitores, mas será que, na prática, isso é verdade? O que é preciso para o professor fazer a diferença em um evento literário? Como o professor consegue formar um leitor, que não se limite à leitura obrigatória e procure novas leituras fora dos espaços escolares? Estes são os temas em discussão no segundo programa da série.

O Impacto dos Eventos Literários na Comunidade e na Escola
Quarta-feira

Os eventos literários na escola são contínuos ou apenas eventuais? E os eventos que acontecem em uma cidade? Qual a periodicidade desses eventos? Até que ponto um evento literário pode contribuir para a formação leitora de uma comunidade? Queremos pensar a importância de existir a interlocução entre os eventos literários que acontecem em uma cidade com a comunidade local, incluindo, especialmente, a comunidade escolar. Até que ponto a comunidade participa do evento? E até que ponto o evento modifica o imaginário dessa comunidade? Estes são os assuntos em discussão no terceiro programa.

O Encontro do Leitor com o Autor
Quinta-feira

Qual é o papel do professor na mediação do encontro do escritor, ou do ilustrador, com os leitores? O que é mais importante nesse tipo de encontro? O que acontece quando as escolas só adotam livros de autores que fazem visitas escolares? Qual o papel dos suplementos de leitura que acompanham alguns livros? A literatura é vista como arte nas escolas? Como são os encontros dos autores com os leitores em um evento literário dentro e fora da escola? Existe alguma diferença? O que os autores pensam desse tipo de encontro? E os leitores? Será que acham necessário esse encontro com o autor? O que pensam leitores e autores sobre a famosa pergunta O que o autor quis dizer com…? Estas questões vão permear as discussões do quarto programa.

Incentivando a Produção Escrita / Formando Novos Autores
Sexta-feira

Nesse último programa da série, o foco está na importância de se promover a escrita literária na escola, tanto a escrita dos professores, quanto a dos alunos. Oficinas de produção literária, rodas de leitura, troca de livros, bate-papo com autores, saraus literários são alguns dos pontos que devem ser abordados para que haja na escola espaços de criação de textos que fujam da preparação dos alunos para as redações do vestibular. A escola forma novos autores? O que é preciso para a formação de um autor? Qual o papel da escola e qual a importância de um evento literário nesse processo de formação de novos autores? Qual o papel do autor na formação de novos autores?