O canal de TV por assinatura Globo News exibe nesta quarta-feira, dia 17 de dezembro, a partir das 23h, uma edição especial do "Arquivo N" sobre o ativista ambiental Chico Mendes.

Entre os entrevistados, estão os jornalistas Edílson Martins, autor do documentário “Chico Mendes – Um povo da floresta”, que mostra o dia-a-dia do seringueiro; Zuenir Ventura, que acompanhou durante um mês, no município acreano de Xapuri, as investigações do assassinato e escreveu “Chico Mendes – Crime e castigo”; e Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, que foi amiga e companheira sindical de Chico.

No dia 22, faz 20 anos que morreu o seringueiro, sindicalista e ativista ambiental, que teria completado 64 anos no último dia 15. Chico Mendes ficou marcado na história brasileira como um precursor da discussão sobre a sustentabilidade. “O que não é viável é esta destruição monstruosa que se faz na Amazônia hoje”, já afirmava Chico Mendes em uma das imagens de arquivo do repórter Edílson Martins, cedidas para a reportagem do ‘Arquivo N’.