O canal de TV por assinatura Telecine Premium preparou grandes estreias para as noites de sábado do mês de julho. A sessão "Superestreia" é exibida todos os sábados, a partir das 22h e traz a grande estreia da semana. Confira abaixo os destaques para julho:

Ressaca de Amor
04 de julho

Um rapaz sai arrasado depois que seu relacionamento com uma apresentadora de televisão acaba. Para tentar esquecer a antiga namorada e superar o desgaste do fim do namoro, decide fazer uma viagem para o Havaí, que promete distração, diversão e sossego para colocar a cabeça e o coração no lugar. Mas o desastre acontece quando, chegando ao hotel, ele logo vê que sua ex-namorada está hospedada no mesmo lugar com o novo namorado. Com o ciúme o corroendo, ele terá de superar essa crise e mostrar que tem alguma maturidade, coisa que nem sempre consegue. A situação vai gerar várias situações cômicas.

Arquivo X: Eu quero acreditar
11 de julho

O súbito desaparecimento da agente Monica Bannan (Xantha Radley) faz com que a agente Dakota Whitney (Amanda Peet) recorra à ajuda do padre Joe (Billy Connolly), um homem que abusou sexualmente de 37 coroinhas no passado e que alega ter visões. Para ajudá-la na busca, já que não conta com experiência em acontecimentos fora do comum, a agente Whitney busca o apoio de Fox Mulder (David Duchovny), que não é mais agente do FBI. O contato é feito através de Dana Scully (Gillian Anderson), que também deixou a organização e agora trabalha como médica em um hospital católico. Inicialmente relutante, Mulder decide cooperar e, aos poucos, passa a acreditar cada vez mais nas palavras do padre Joe.

Sexo com amor?
18 de julho

No amor e na guerra, vale quase tudo… Sexo com Amor é um filme sobre sexo, amor, e o que mais os acompanha: desejo, medo, fantasias, traições, ciúmes, paixão… e o que fazemos quando precisamos lidar com isso tudo. Três casais, sem nada em comum. Jorge e Mônica são de classe alta, sofisticados, Jorge um renomado escritor que fala justamente de amor e sexo. Mônica não sabe que Jorge está tendo um caso com Luísa, professora de seu filho. Para complicar, Luísa se apaixonou por Jorge, e quer mais da relação – ainda mais quando suspeita estar grávida. Pedro e Mara, casal simples e suburbano, sofrem um grave problema de auto-estima. Mara sente-se velha e acabada, e por isso perdeu o apetite sexual. E Pedro interpreta esse desinteresse de Mara como rejeição a ele, o que o leva a se sentir emasculado. Tudo irá mudar com a chegada da sobrinha de Mara, uma adolescente fogosa e desinibida. Rafael e Paula, jovem casal de classe media, parecem estar bem – pelo menos aos olhos de Rafael. Já têm uma filha, e Paula está grávida de nove meses. Rafael é um pai dedicado, marido amoroso, seria o homem perfeito – se não fosse incapaz de resistir a qualquer rabo de saia. Só que tem o gosto do próprio remédio uma noite em que chega mais cedo em casa e descobre que Paula saiu – e com um amigo! É o suficiente para Rafael pirar com a possibilidade de traição É quando os filhos dos três casais são flagrados na escola folheando um livro de arte erótica. Os pais são chamados, em pânico, para discutir o que elas estavam fazendo: seria certo, errado ou apenas prematuro? E então a bolsa de Paula estoura – Sexo se tornou algo muito mais complicado do que três crianças folheando um livro na escola.

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal
25 de julho

Dirigido por Steven Spielberg, produzido por Frank Marshall e com George Lucas e Kathleen Kennedy como produtores executivos, Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal é a mais recente aventura do fenomenal sucesso Indiana Jones, vencedor de seis Oscar® e com renda de mais de $2 bilhões no mundo todo. Ambientado em 1957, o filme é estrelado por Harrison Ford, Cate Blanchett, Karen Allen, Shia LaBeouf, Ray Winstone e John Hurt, numa perigosa aventura com Indy, para encontrar a cobiçada Caveira de Cristal de Akator. Dos muros do Marshall College às verdejantes selvas da América do Sul, Indy é incansavelmente perseguido por sinistros agentes soviéticos, que não se deterão diante de nada para pôr as mãos no exótico objeto de fascínio.