O SBT estreia nesta terça-feira, dia 16 de junho, a partir das 22h, a novela "Vende-se um véu de noiva". A produção é uma adaptação de Iris Abravanel, baseada na obra homônima de Janete Clair.

"A novela está sendo muito bem trabalhada, com qualidade de cinema. Com esta nova fase teledramatúrgica do SBT o público terá grandes surpresas. A trama não é óbvia. Conduziremos a história de uma forma que o telespectador será surpreendido a cada momento pelo inesperado", constata Iris Abravanel.

Escrita na década de 60, originalmente para a Rádio Nacional, Janete Clair teve a inspiração ao ler anúncio publicado em um jornal carioca: "Vende-se Um Véu de Noiva". Uma das obras que consagrou a autora como uma das novelistas mais importantes do cenário brasileiro, a trama foi escrita a partir de uma curiosidade.

"Realizei uma pesquisa profunda sobre a vida de Janete Clair e vejo que estou com uma imensa responsabilidade em minhas mãos, pois ela é considerada a maior novelista do Brasil, chegando a conquistar 100% do Ibope. Foi a única autora que conseguiu este feito", explica Iris Abravanel.

A trama tem início com o romance de Rubens Baronese e Maria Célia, que está grávida. Às vésperas do nascimento do primeiro filho do casal, Eunice, prima de Maria Célia, entra inesperadamente na vida do jovem casal. Apesar da alegria de Maria Célia ao reencontrar sua prima, a presença de Eunice coloca em xeque a harmonia da família. A história de amor se confirma em um grande pesadelo. Após dar à luz, Maria Célia morre e o corpo do recém-nascido desaparece. Viúvo e desconsolado diante de tamanha tragédia, Rubens e Eunice se casam. Gustavo Baronese é fruto da união dos dois.