O programa "Globo Universidade" desta semana mostra o contraste existente entre os condomínios fechados da Barra da Tijuca e favelas da Cidade Maravilhosa. O programa vai ao ar no sábado, dia 4 de julho, às 7h15 na Rede Globo, com reprise às 13h05 na Globo News e às 16h30, da quarta-feira, dia 8 de julho, no Futura.

A repórter Bianca Rothier vai à Universidade Federal Fluminense (UFF) e visita o Departamento de Arquitetura e Urbanismo. Ela entrevista o professor Gerônimo Leitão, pesquisador dos condomínios fechados da Barra da Tijuca. Segundo ele, a ideia desse tipo de moradia é criar um bairro controlado, onde as pessoas convivem próximas e o acesso é restrito. Leitão explica ainda o que acontece quando esses moradores saem das grades e vão para a rua e vivem o mundo real.

Já André Curvello parte rumo à Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Ele vai mostrar como funciona a relação entre escola e favela e até que ponto a instituição de ensino influencia o dia a dia do aluno. A reportagem ressalta a importância do estudo, já que para muitos, só através dos livros e das aulas é possível ascender socialmente.