O programa "Provocações", da TV Cultura, recebe nesta sexta-feira (24), às 22h10, o dramaturgo Nilton Travesso. Na entrevista concedida a Antonio Abujamra, ele critica a televisão, o ibope e o jornalismo e diz que é obrigado a trabalhar em busca de audiência e não da qualidade artística.

Num bate-papo recheado de declarações fortes e polêmicas, Travesso ataca a televisão e diz que o ibope é um grande vilão: "Eu tenho que trabalhar na conquista da audiência e não do meu potencial ou de quem trabalha comigo". O dramaturgo também fala do início da televisão no país e do amplo espaço que o jornalismo ocupa na grade das emissoras atualmente. Para ele, os jornalísticos dominam grande parte das atrações da TV, tirando a "liberdade de criação da linha de show, de dramaturgia".

"Delegados, promotores são os que mais falam na TV", diz, e reconhece: "Chega uma hora que a prostituição requisita você e você acaba ficando um pouco prostituto".