O canal de TV por assinatura Discovery Home & Health exibe ao longo do mês de outubro uma seleção especial de documentários que buscam informar e conscientizar o público sobre os perigos do câncer, uma das enfermidades que mais provocam mortes e que em 2010 deve superar as doenças cardiovasculares como principal causa de óbitos no mundo. Confira abaixo os destaques do mês:

Diário do meu câncer
Domingo, 4 de outubro, às 22h

Durante 10 anos, Ann Murray-Paige cobriu notícias, mas agora vai contar a história mais importante de sua vida, virando a câmera para si mesma. Murray-Paige, jornalista e apresentadora de um programa de notícias, é diagnosticada com câncer de mama aos 38 anos. Ela instala uma câmera em seu quarto e registra em vídeo o diário de meu câncer.

Câncer de ovário
Domingo, 18 de outubro, às 22h

Esta produção realizada na América Latina relata histórias de pacientes da Argentina, México e Colômbia, países nos quais a incidência anual de câncer de ovário chega a 17 casos para cada 100 mil mulheres. Quase 50% das pacientes com câncer de ovário avançado têm de passar por procedimentos cirúrgicos agressivos e quimioterapia. No entanto, entre 70% e 90% dos casos a doença volta a se manifestar nas mulheres no período entre 18 e 24 meses, podendo causar a morte. Ao longo de este programa de 30 minutos, vários especialistas relataram as características desta enfermidade e os tratamentos que existem para combatê-la. Quanto mais cedo for detectado, antes que se alastre para outros órgãos, a taxa de sobrevida chega a cinco anos em 92% dos casos.

Farrah Fawcett: Meu desafio
Domingo, 25 de outubro, às 22h

No documentário Farrah Fawcett: MEu desafIo, a atriz norte-americana utiliza sua própria câmera para registrar a batalha travada contra o câncer ao longo de dois anos e meio e que acabou sendo a causa de sua morte, em junho passado, aos 62 anos. Narrado pela própria Farrah e com imagens realmente íntimas, a artista registra o que lhe parece como um diário audiovisual, não somente seus pensamentos e emoções, mas também os tratamentos aos quais ela se submeteu nos Estados Unidos e na Alemanha. O programa conta com a participação do ator Ryan O’Neil, seu companheiro sentimental por muitos anos, e que esteve ao seu lado durante toda a fase da doença. Alana Stewart, amiga íntima da atriz, é a co-produtora e responsável pela gravação da maior parte do documentário, que também inclui a participação de outras duas grandes amigas da atriz, Jaclyn Smith e Kate Jackson, co-protagonistas da versão original da série de Los Angeles de Charlie. Também participam o pai da atriz, Jim Fawcett, assim como vários médicos que a trataram.