O canal de TV por assinatura GNT exibe neste domingo, dia 3 de janeiro, a partir das 22h, uma edição do programa Marília Gabriela Entrevista com o psiquiatra e psicoterapeuta Eduardo Ferreira-Santos.

O convidado explica o conceito de medo, lista alguns dos que mais assombram as pessoas e garante que o medo da vida é mais grave do que o de morrer: "As pessoas estão cada vez mais fechadas em si mesmas, com menos capacidade de transcendência, com medo de olhar nos olhos do outro".

Gabi pergunta se o medo acompanha o indivíduo desde o nascimento. Segundo o especialista, o sentimento só se manifesta por volta dos oito meses de idade. O choro do recém-nascido, por exemplo, é uma sensação corporal de desconforto. O medo, na explicação do psiquiatra, é um sentimento perante uma ameaça concreta. Já a fobia é desproporcional ao que é temido. "Não é agressivo andar de metrô", exemplifica. O trauma também é diferente, pois se caracteriza por uma ruptura no sistema psicológico, normalmente causado por incidentes como violência, catástrofes naturais, entre outros.