Após 16 anos trabalhando na Rede Globo, como editora de moda da Direção Geral de Jornalismo e Esporte, Regina Martelli deixa a emissora para se dedicar a projetos pessoais. “Sempre gostei muito da empresa, do meu trabalho e dos meus colegas. Trabalhei com muita alegria e por isso mesmo a decisão de sair foi difícil. Foi uma experiência estimulante, como, aliás, cada dia que trabalhei aqui”, diz. Em janeiro, Patrícia Veiga assume a editoria de moda.

Formada em Comunicação Social pela PUC-RJ, Patrícia se dedicou à área de pesquisa em moda. Morou um ano em Londres para estudar literatura e, na volta, abriu uma agência de publicidade especializada em moda. Voltou a viajar, dessa vez para Paris, onde trabalhou como produtora para as revistas “20 Ans” e “Jardin de Mode”. Em 1985, entrou no lugar deixado por Martelli na editoria do caderno Ela, do jornal O Globo. Três anos depois, com a chegada da revista Elle ao Brasil, foi contratada pela publicação para assinar as produções de moda. Voltou ao caderno Ela e coordenou o suplemento até momento. Em 2006, Patrícia lançou o livro ‘Moda em Jornal’, com um apanhado dos 20 anos do suplemento Ela. Patrícia Veiga também faz comentários sobre o assunto na CBN Brasil.

Também formada em Comunicação Social, pela PUC do Rio de Janeiro, Regina Martelli iniciou na moda nos anos 70 trabalhando em algumas butiques e acabou dona da própria loja alguns anos depois. Logo percebeu que seu talento não era para o comércio e, em 1981, resgatou seu diploma da gaveta e ingressou no jornal O Globo como repórter e produtora do caderno Ela. Em 1985, seguiu para o Jornal do Brasil, onde ficou por sete anos editando a seção de moda da Revista Domingo. Depois de uma passagem pelo jornal O Dia, chegou, em 1995, à Rede Globo.

Começou como comentarista de moda, ao lado de Fátima Bernardes, no ‘Jornal Hoje’. Dois meses depois, Martelli aceitou o desafio de cuidar do figurino do Jornalismo e Esporte da emissora. Começou, então, a estruturar o departamento de Moda do jornalismo da Globo, com uma equipe formada por oito pessoas, que cuidava do figurino de 11 apresentadores e comentaristas. Hoje, a equipe tem 13 profissionais, entre figurinistas, maquiadores, camareiras e administrativo, e é responsável pelo figurino de 39 apresentadores e comentaristas.