O Esporte Espetacular desse domingo, dia 19, traz uma entrevista de Cléber Machado com o argentino Andrés D’Alessandro, jogador do Internacional. Normalmente avesso à exposição na imprensa, o jogador aceitou dar entrevista a Cléber no Museu do clube, em Porto Alegre. O camisa 10 e ídolo da torcida colorada, que recentemente rechaçou uma proposta milionária de um clube chinês para continuar no Beira-Rio, fala, entre outras coisas, sobre a rivalidade entre Brasil e Argentina no futebol. Quando perguntado sobre quem é o melhor jogador de todos os tempos, ele garante: sempre ouviu seu pai falar muito bem de Pelé.


O jogador do Internacional D`Alessandro conversa com Cléber Machado (Divulgação TV Globo)

Ainda no programa deste domingo, uma matéria resgata a história de Claudio Coutinho, através de uma entrevista com seu filho Paulo César Coutinho, que hoje é vice-presidente do Flamengo. Famoso técnico dos anos 70, Coutinho treinou a Seleção Brasileira e o time histórico do Flamengo, que tinha Zico e Junior no seu elenco. O treinador morreu em 1981 praticando apneia nas Ilhas Cagarras, um dia depois de receber o time da Gávea que se sagrou campeão da Taça Libertadores da América. Um dos entrevistados da matéria, Junior lembra de Coutinho com carinho e diz que ele foi o melhor técnico que teve em toda a sua carreira. Como desde criança acompanhava o pai nos jogos e concentrações, Paulo César conta que era considerado um “amuleto da sorte” pelo grupo e que ganhou, deles, o apelido de “Cascão”.