Sucesso internacional, esse spin-off da franquia NCIS acompanha a rotina dos agentes especiais de uma unidade das Forças Armadas dos Estados Unidos instalada em Los Angeles. Chris O’ Donnell e LL Cool J. são os protagonistas de "NCIS: Los Angeles", série que estreia sua terceira temporada dia 11 de março, domingo, às 22h, no A&E.

Parceiros do Departamento de Projetos Especiais, do Serviço de Investigação Criminal da Marinha, os agentes G. Callen (O’ Donnell) e Sam Hanna (Cool J.) se expõem a grandes riscos para garantir a segurança de seu país. Enquanto Callen é capaz de assumir diferentes identidades para se infiltrar no mundo do crime, Hanna, especialista em vigilância, utiliza a mais avançada tecnologia para obter informações cruciais sobre os criminosos, geralmente os mais perigosos e difíceis de serem capturados.


Cena do primeiro episódio da 3ª temporada de "NCIS: Los Angeles"
Divulgação/A&E

Criada por Shane Brennan, que também assina a versão original, a produção estreou em setembro de 2009 nos Estados Unidos, e venceu o People’s Choice Awards 2010, na categoria Melhor Série Dramática Estreante e o Teen Choise Award de Melhor Série de Ação. Em 2011, nesta mesma premiação, a série levou os troféus de Atriz de TV em Série de Ação, para Linda Hunt, e Série de Ação.

Nesta nova temporada, a equipe do "NCIS: Los Angeles" concentra todos os seus esforços e conhecimentos para enfrentar o terrorismo internacional, o tráfico de drogas, a violência urbana e a corrupção dentro das forças militares. No episódio de estreia, no dia 11 de março, domingo, às 22h, parte da equipe irá para o Velho Mundo, especificamente para a Romênia, em busca de Hetty (Linda Hunt), cuja vida está por um fio. Mas Callen (O’ Donnell) vai encontrar algo ainda mais perturbador: informações sobre o seu passado que vão deixá-lo sem palavras.