No próximo domingo, dia 4 de março, o GNT exibe o “Marília Gabriela Entrevista” com Alexandre Nero. O Baltazar de “Fina Estampa” vem despertando o interesse do público feminino, além de contribuir com o debate sobre violência doméstica e machismo.

Nero destacou que, em tom de brincadeira, as fãs mais atiradas pedem “bate em mim” ou até mesmo assumem “eu apanharia de você”. Para o ator, que também é músico e compositor, esse tipo de atitude se enquadra no típico bordão de que “um tapinha não dói”. Ele declara ainda, com naturalidade, que isso, sexualmente, é excitante, e admite já ter, inclusive, apanhado na cama. Veja acima o clipe da música "Domingos" cantada por Alexandre Nero.

Na entrevista, o convidado demonstra que é exatamente o oposto de seu personagem valentão e agressivo. Admirador das mulheres, Alexandre leva com Gabi um papo descontraído sobre sexo, amor, fidelidade, sedução, futuro, e comenta sobre seu divórcio com a atriz Fabiula Nascimento.

O último trabalho do curitibano nos cinemas foi em “A Novela das Oito” de Odilon Rocha, filme exibido no Festival do Rio 2011. Mesmo na pele de Baltazar, Alexandre já se prepara para interpretar o carnavalesco Fernando Pamplona em “Trinta”, longa-metragem em homenagem à vida de Joãosinho Trinta.

Durante o papo, o recente galã também soltou a voz com canções de seu terceiro CD: Vendo Amor – em suas mais variadas formas, tamanhos e posições.

Alexandre escolheu duas frases para encerrar sua participação. “A ideia é simples, fazer acontecer é que são elas.”, mencionada no filme brasileiro “Kenoma”, é adequada para a atualidade. Já “O mundo quer amolecer cacetes. O mundo quer endurecer corações.”, do carioca André Dahmer, é carregado pelo ator como seu mantra.