A partir do dia 30 de maio (quarta-feira), às 21h, o público pode conferir a sétima temporada do Adrenalina, programa realizado pelo Canal Futura em parceria com a TV Unisinos, que conecta homem e natureza por meio de atividades esportivas de aventura. Em dez novos episódios, de 30 minutos cada, os apresentadores Ana Karina Belegantt e Leo Sassen vão dos cânions do sertão nordestino até a Patagônia argentina para mostrar belas paisagens e experiências emocionantes.

Esportes de inverno e de verão estão presentes na programação. Para apresentar as práticas esportivas desenvolvidas nos períodos quentes do ano, a equipe do Adrenalina acompanha canoagem no rio São Francisco, acrobacias de paraglider, surfe, rapel e arvorismo no Rio Grande do Sul, entre outras modalidades.

Os esportes invernais ganham destaque em cinco episódios que exploram o extremo sul da Argentina em busca de aventuras geladas. Na Terra do Fogo e em Bariloche, na Patagônia, os apresentadores fazem trekking em gelo e rochas, cavalgada, tirolesa nos Andes, travessia 4×4, mergulho e muito mais.

Além de esportes radicais, a nova temporada do Adrenalina mostra como salvar uma pessoa em caso de afogamento. Com a ajuda da Brigada Militar, o programa ensina técnicas de resgate em mata fechada e outros locais de difícil acesso.
No episódio de estreia, dia 30/5, o time do programa vai até a Estação Ecológica Raso da Catarina, na divisa dos estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia, para participar de duas competições de canoagem – uma de 55 km de percurso, para atletas profissionais, e outra com 8 km, voltada para iniciantes. O capítulo revela como atletas e para-atletas desafiam as expectativas ao remar no maior cânion navegável do mundo.

Adrenalina – sétima temporada
Estreia dia 30 de maio
Às quartas-feiras, 21h
Reprises: Aos domingos, 4h30 e 17h30
Duração: 30 minutos
Classificação indicativa: livre

SAIBA MAIS SOBRE OS NOVOS EPISÓDIOS DO PROGRAMA ADRENALINA

30/5 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Remando no Sertão – Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia
Às margens do rio São Francisco, no meio dos cânions do sertão nordestino, são realizadas duas provas de canoagem simultâneas: uma de 55 km de percurso, para atletas profissionais, e a outra com 8 km, para iniciantes.
Na divisa dos estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Bahia, na Estação Ecológica Raso da Catarina, os atletas e para-atletas têm o desafio de remar no maior cânion navegável do mundo com largada em Paulo Afonso, na Bahia, e chegada em Xingó, no Sergipe.
A Maratona de Canoagem traz um conceito inovador com embarcações livres e divisão em várias categorias. O trajeto desafiador e de extrema beleza é palco de grandes eventos mundiais.

06/6 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
SIV (Simulação de incidentes em voo) e acrobacias de paraglider – Osório (RS)
O SIV é um curso para pilotos de paraglider que simula incidentes que podem acontecer em voo. O aluno provoca manobras que podem causar uma pane a fim de treinar técnicas de salvamento. O episódio vai mostrar pilotos fazendo acrobacias de paraglider e falar com competidores dessa modalidade.
A equipe do programa visita uma fábrica de paragliders e acompanha os testes de segurança que garantem a qualidade do equipamento. Entrevistas com projetistas de paraglider revelam os avanços nos estudos de aerodinâmica e explicam o processo de voo.

13/6 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Madeirite 2012 (surfe feminino e surfe em família)
A Praia da Guarita, em Torres, no Rio Grande do Sul, volta a ser o palco de homenagens à história do surfe no Brasil. A segunda edição do “Madeirite Trópico” une diferentes gerações de surfistas, que têm a chance de entrar na água usando réplicas de modelos de pranchas populares no passado.
Dividido em baterias temáticas, o encontro reúne desde pioneiros do esporte até futuros atletas. Participantes das categorias “Anos 60, 70 e 80” compartilham as ondas com seus filhos e netos. A contribuição das mulheres também é registrada com uma categoria especial. Além da confraternização na beira da praia, o troféu “Os Pioneiros” homenageia personalidades que ajudaram a construir a trajetória do surfe.

20/6 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Técnicas de Resgate e Salvamento
Ao lado de especialistas da Brigada Militar, o Adrenalina apresenta algumas técnicas de salvamento. O episódio mostra uma simulação de resgate em caso de afogamento e acompanha um caso real liderado pelos bombeiros. Técnicas de ressuscitação, como massagem cardíaca e a respiração boca a boca, e os procedimentos de segurança para evitar acidentes na água também são abordados neste capítulo.
O programa aborda ainda procedimentos de resgate de pessoas em matas e áreas de difícil acesso, assim como dicas para não se perder na floresta.

27/6, 4 e 11/7 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Patagônia – Terra do Fogo
Em três episódios, a equipe do Adrenalina visita a capital da Província da Terra do Fogo, Ushuaia, conhecida como “a cidade do fim do mundo”. Os bosques do local são milenares, caminhos que convidam ao trekking e à observação da fauna. A região abriga animais como guanacos (camelídeo nativo da América do Sul), baleias, pinguins, caranguejos gigantes, leões e lobos marinhos, além de centenas de cormoranes (aves marinhas típicas da local).
As montanhas que circulam a Terra do Fogo atraem os visitantes para as atividades de ski, snowboard, escalada em gelo e rocha, caminhadas de sobrevivência na neve e passeios de trenó puxados por cães.
O programa também acompanha uma travessia com transportes 4×4 que levam os passageiros para um passeio emocionante repleto de obstáculos, como atoleiros, planos inclinados, pântanos, travessia de pontes, lombadas e gelo.

18 e 25/7 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Patagônia – Bariloche
Durante dois episódios, o Adrenalina mostra o local mais apreciado em Bariloche, o Parque e Reserva Nacional Nahuel Huapi (o mais antigo da Argentina), que se estende por mais de sete mil hectares numa faixa de cerca de 60 km recostada sobre a Cordilheira dos Andes. A região possui lindas paisagens e várias alternativas de atividades para seus visitantes.
A equipe passa sete dias em San Carlos de Bariloche, a 770 metros de altitude, um dos destinos mais procurados pelos aventureiros no mundo. A região é propícia para a prática de esportes aquáticos, pois há uma grande variedade de lagoas e rios ideais para a prática do remo nos caiaques e duckies (caiaques infláveis). Para observar o meio ambiente pelo ar, o episódio traz o canopy (tirolesa dos Andes).
Outra atividade apresentada é o montanhismo, que faz excursões pelas montanhas apresentando técnicas de escalada. Bariloche conta ainda com uma grande quantidade de cenários com diferentes dificuldades para a prática do moutain bike.

01/08 – quarta-feira, às 21h
Reprise: domingos, 4h30 e 17h30
Aventura na Serra Gaúcha
Conhecida como a Europa brasileira, a serra gaúcha chega a temperaturas de até -10ºC. Com uma excelente infraestrutura de hospedagens com arquitetura da colonização alemã e italiana, além das delícias gastronômicas, as cidades de Gramado, Canela e São Francisco de Paula possuem muitas atrações de aventura.
O Alpen Park fica em meio à natureza e possui atividades ao ar livre como a tirolesa, arvorismo, torre de rapel, escalada, passeios a cavalo ou quadriciclo. Na Cascata do Caracol, com 131 metros de queda, o programa mostra um rapel de grandes verticais com técnicas avançadas de descida.

Sobre o programa
Fruto da parceria entre o Futura e a TV Unisinos, Adrenalina é exibido desde 2006 pelo canal. A equipe do programa viaja para diversas regiões do país e do mundo e já produziu episódios que incluem esportes de aventura como rafting, canionismo, mountain bike, paraquedismo, surfe, escalada e canoagem, entre outros.
O Adrenalina é produzido pela Clip Produtora e apresentado por Ana Karina Belegantt (repórter, paraquedista e professora de Educação Física) e Leo Sassen (repórter, canionista e mergulhador).