Com base em um levantamento quantitativo realizado pela Unidade de Inteligência Comercial e Competitiva da Apex, a ABPITV (Associação Brasileira de Produtoras Independentes de TV) e a Apex-Brasil definiram os mercados-alvo para atuação do BTVP (Brazilian TV Producers) – projeto setorial de exportação do audiovisual apoiado pela Apex-Brasil em parceria com a ABPITV. Dentre os 20 países apontados pelo estudo foram selecionados oito, que serão o foco prioritário de atuação do BTVP durante o biênio 2012-2014.

A escolha considerou aqueles países que, segundo o levantamento, representam boas oportunidades de negócios para o audiovisual brasileiro. São eles: Reino Unido, país com o qual já houve grande aproximação durante RioContentMarket com a assinatura de um acordo de cooperação; África do Sul, país que concentra 1/3 da economia do continente africano; Alemanha, por seu potencial e por possuir acordo de coprodução internacional com Brasil; Coréia do Sul, com destaque para o mercado de animação; Estados Unidos, como maior indústria audiovisual do mundo; França e México; e a Rússia, para conhecimento e como representante dos BRICs.

Para a gerente executiva do Brazilian TV Producers, Rachel do Valle, o ranqueamento de mercados é importante para auxiliar nas definições de estratégias do programa. “Para as ações planejadas, encontros de negócios, painéis, pesquisas ou eventos, por exemplo, serão levados em consideração a relevância dos oito mercados apontados.

O objetivo da triagem é priorizar estes países na prospecção e seleção de eventos e missões dos quais o BTVP participará, considerando principalmente as oportunidades de coproduções e novos negócios para o mercado audiovisual brasileiro. A parceria entre ABPITV e Apex-Brasil, resulta na atuação do BTVP em diversos eventos internacionais e é responsável pela internacionalização da indústria audiovisual nacional, possibilitando a entrada de programas com conteúdo brasileiro em outros países, estimulando projetos de coprodução internacional e parcerias de negócios entre produtoras brasileiras e estrangeiras.