De oito anos pra cá, a economia do Brasil cresceu e 40 milhões de brasileiros subiram de vida tornando a pirâmide social um losango em que a famosa classe C está bem no centro.

O conceito é vasto e engloba tanto o trabalhador que ganha mil reais por mês, quanto que ganha quatro, unindo o filé miau ao mignon, a tubaína ao prosecco e o chinelo de dedo ao sapato social. Hoje, 104 milhões de brasileiros fazem parte desta classe e o mercado de consumo está cada vez mais preparado para eles. As pessoas criticadas por fazer churrasco na laje e levar frango pra praia hoje estão comprando carros, realizando o sonho da casa própria e até dividindo espaço nos aviões com as classes A e B.

Mas junto com a euforia das melhores condições de vida e o maior poder de consumo vem também as dívidas. Na hora de financiarem o futuro é só alegria, mas depois, os carnês e mais carnês acumulados na gaveta podem tirar o sono de qualquer um. Hoje, A Liga vai te mostrar a vida das pessoas que formam a classe que se tornou a protagonista desse novo momento do Brasil.

A Liga vai ao ar às 22h15, hoje, na Band. Saiba mais sobre o programa em www.band.com.br/aliga