Com quase 150 milhões de telespectadores sem pagar nenhum tipo de TV por assinatura, o Brasil ostenta um dos maiores mercados de antenas parabólicas e sistemas para recepção de sinal gratuito via satélite do mundo. Quase 2 milhões de antenas parabólicas são vendidas anualmente no país. O ritmo das encomendas esquentou ainda mais com a aproximação da Olimpíada 2012, que começa em Londres, em 27 de julho. Pela primeira vez um acontecimento esportivo desse porte será transmitido em alta definição via satélite no país. Detentora do direito de transmissão do evento no Brasil, a rede Record leva o crédito da façanha.

É um marco para as empresas que fornecem sistemas de recepção. E para a TV brasileira como um todo”, comemora Renata Romo Martins, diretora de negócios da Cromus, marca do segmento de antenas e receptores com presença no varejo de todo o país. Pioneira no mercado brasileiro de TV digital, onde fornece uma linha completa para HDTV (TV em alta definição), a Cromus aposta no aumento da procura por sistemas de recepção de sinal HD SAT.

Seu carro-chefe nessa área é o TV FREE HD, receptor digital que acaba de ser lançado, proporcionando alta qualidade de imagem e som em qualquer lugar do país, sob qualquer condição climática. O produto, que poderá ser visto na Eletrolar Show de 3 a 6 de julho, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, está disponível em grandes magazines e sites de e-commerce. O TV FREE HD tem preço sugerido de R$ 289 e é ideal para quem quer entrar na era da TV HD via satélite sem pagar mensalidade. Também é indicado para quem já tem antena parabólica. Basta trocar o receptor e aproveitar. Está disponível na versão SD, com preço sugerido de R$ 189 e oferece sinal analógico e digital. TV FREE também conta com recursos multimídia, jogos interativos, relógio com função sleep e ferramenta de busca.