O ‘Som Brasil’ deste mês, que será exibido na sexta-feira, dia 29, homenageia os 40 anos do “Clube da Esquina”, movimento que reuniu manifestações do rock com as raízes sonoras de Belo Horizonte. Num clima de encontro de diferentes estilos, a apresentadora Camila Pitanga recebe antigos e novos sócios do “clube”. Os representantes do gênero, Milton Nascimento e Lô Borges, sobem aos palcos do programa com os contemporâneos Fernanda Takai e a banda As Minas; Megh Stock; Filipe Catto e o grupo Kamy para o tributo. ‘Som Brasil’ vai ao ar após o ‘Programa do Jô’.

Foi no início dos anos 70, numa esquina de Belo Horizonte, que Lennon e Mccartney encontraram o som rural brasileiro. O lugar ficou conhecido como ‘O Clube da Esquina’”, relembra Camila Pitanga na apresentação da atração. Alguns outros ícones do movimento foram Márcio Borges, Beto Guedes, Wagner Tiso, Toninho Horta, Ronaldo Bastos e Fernando Brandt.

O público poderá conferir os homenageados Milton Nascimento e Lô Borges cantando juntos “Para Lennon e McCartney”. Além disso, Fernanda Takai e a banda As Minas, Megh Stock, Filipe Catto e Kamy apresentam releituras das canções do estilo, como “Tudo que Você Podia Ser”, “O Sal da Terra”, “Paisagem da Janela” e “Cravo e Canela”.

Para compor esta homenagem, os novos nomes capricham na apresentação. A banda As Minas, que acompanha Fernanda Takai, foi especialmente formada para o tributo e segue com a vocalista em seu próximo projeto. A jovem Megh Stock, que começou seu trabalho independente no ano passado após ser revelada pela banda Luxúria, estoura com seus acordes roqueiros. Já Filipe Catto, que escolheu seguir a carreira musical após incursões pela área do design, abusa das interpretações surpreendentes. E o grupo Kamy mostra sua batida pop rock.