A emblemática cena da pipa no telhado, que ficou marcada como um ícone da teledramaturgia – e deixou ‘Gabriela’ no imaginário do brasileiro -, foi gravada ontem na cidade cenográfica da produção. Grande parte do elenco participou da gravação em que Gabriela (Juliana Paes) resgata a pipa de Tuísca (Max Lima) do telhado, deixando Ilhéus em polvorosa. O clima, que já era de expectativa durante a caracterização dos atores, foi de muita animação. Para o diretor geral Mauro Mendonça Filho, a cena não poderia faltar no roteiro. “Estamos fazendo uma grande homenagem à obra e repetindo, inclusive, alguns ângulos feitos em 1975. Queremos não só que o público relembre a cena, mas veja com os mesmos olhos. Estamos produzindo uma adaptação, mas o espírito é o mesmo e a sensação também”, comentou Mauro. A cena foi dirigida por André Filipe Binder, que não escondia o entusiasmo: “Me sinto honrado em dirigir essa cena. É uma grande responsabilidade pelo o que ela representa para o público.”

Tudo começa quando Dona Arminda (Neusa Maria Faro), preocupada com o futuro de Gabriela (Juliana Paes), tenta mais uma vez mostrar que a sociedade só respeita mulher casada. A cozinheira, no entanto, diz que está feliz sendo dona do seu próprio nariz. A conversa é interrompida quando Tuísca (Max Lima) bate na porta e chama Gabriela para soltar pipa. Na mesma hora, ela abre um sorriso e sai correndo com o amigo. De pirraça, Ramirinho (Filipe Gimenez), Lupicínia (Anna Gabriela Marques), Bento (Gustavo Mello) e Ladislau (Kaic Chagas) passam e cortam a linha com uma tesoura. O vento leva a brincadeira embora e começa um corre-corre, até a pipa cair no telhado da casa do coronel Amâncio (Genézio de Barros). Como uma menina, Gabriela rapidamente sobe no muro para buscá-la. Mas suas pernas à mostra logo chamam a atenção de Tonico (Marcelo Serrado), que cutuca Amâncio e Juvenal (Marco Pigossi), já hipnotizados.

Aos poucos, todos param para olhar e um grande murmurinho toma conta da cidade. Coronel Ramiro (Antonio Fagundes) tira o chapéu e levanta a vista para o telhado. Gloria (Suzana Pires) se diverte e aplaude. Já Dorotéia (Laura Cardoso), Quinquina (Angela Rebello), Florzinha (Bete Mendes), Olga (Fabiana Karla) e o padre Cecílio (Frank Menezes) estão escandalizados. As meninas Iracema (Amanda Richter), Zuleika (Fernanda Pontes) e Gerusa (Luiza Valdetaro), que voltam da escola, também. Malvina (Vanessa Giácomo) acha graça da situação e Sinhazinha (Maitê Proença) receia que Gabriela caia. Osmundo (Erik Marmo) e Josué (Anderson Di Rizzi) admiram a beleza da moça enquanto Coronel Melk (Chico Diaz), Coriolano (Ary Fontoura) e Manoel da Onças (Mauro Mendonça) olham com um desejo indisfarçável. Mas é Nacib (Humberto Martins) quem tem a reação mais adversa. Tenso e sem conseguir controlar o ciúmes, o sírio pede a Gabriela que desça imediatamente. Ela, no entanto, não entende o nervosismo do patrão mas obedece assim mesmo.

Ao fim da gravação, Juliana Paes disse estar muito grata por ter tido a oportunidade de gravar a cena. “Esta noite eu demorei a dormir, estava ansiosa. É realmente emocionante poder remontar algo tão icônico. Enxergo como um marco em minha carreira e, por isso, quis participar de tudo. Não tive muita preparação, vim com o espírito de Gabriela e eu mesma subi na árvore e no telhado sozinha, sem ajuda de ninguém”, contou a atriz.

A tão esperada cena está prevista para ir ao ar a partir de terça-feira, dia 24.