Apenas três bandas seguem em Breakout Brasil (Hewie, Mr. Armeng e Paranoika), mas por essa não esperavam: Se já é difícil impressionar os jurados tocando em seu próprio estilo, fazer uma versão de uma música própria no estilo que mais detesta na vida é uma missão quase impossível. É exatamente esta a terceira tarefa do programa, que vai ao ar em episódio inédito na quinta feira, 04 de abril, às 21h no Spin.

A nova prova fará aflorar talentos musicais que eles nem sabiam que tinham, para o bem e para o mal. Muita versatilidade será necessária para que sejam definidos os finalistas da disputa por um contrato com a Sony Music. Também é preciso cuidado, pois o menor erro pode custar uma vaga na final.

No segundo episódio, exibido na semana anterior, os artistas tiveram que mostrar que nasceram para o sucesso me se apresentaram na rua para as pessoas que passavam. Mas na tarefa de frente com o público, a banda Cartoon foi eliminada e a jovem banda Hewie surpreendeu e saiu vencedora do desafio.

Na sexta feira, 05 de abril, às 15h, a banda eliminada após o terceiro capítulo poderá conversar sobre sua participação com seus fãs em um hangout (conversa ao vivo por vídeo) promovido pelo Spin na sua página no Google+ e em seu canal no Youtube. Os participantes poderão enviar suas perguntas pelas redes sociais do canal. Twitter: @SonySpinBR, Facebook: SonySpinBR e Google+: Sony Spin Brasil.

A disputa em Breakout Brasil é semanal e os finalistas são avaliados por um especial grupo de jurados formado Anna Butler (diretora artística da MTV por 13 anos), Marcello Lobato (empresário de Marcelo D2 e Pitty) e André Pacheco (executivo da Sony Music e ex-empresário do mundo da música). Na acirrada disputa, os músicos contam com as orientações de Dudu Marote (produtor musical das bandas Skank e Jota Quest) e do host do programa Edu K.