arte1 Passional, enérgico e espontâneo, para muitos o flamenco é o espírito da Espanha, uma dança carregada de influências que mistura diversas raízes árabes e índias. O diretor britânico Mike Figgis é um aficionado pela dança e já produziu outros documentários sobre o tema.

"Mulheres do Flamenco" é uma produção experimental e particularmente atraído pela expressão feminina, viaja com sua equipe para Madri, onde filma duas estrelas consagradas do flamenco, Sara Baras e Eva la Hierbabuena junto a outras dançarinas menos famosas, a tela de fundo é um refinadíssimo grupo de músicos que passeia pelos diferentes estilos de flamenco. Utilizando-se do trabalho de câmera discreta, Figgis capta a essência do flamenco – o suor, a energia e o som do farfalhar de roupas pesadas, a respiração carregada dos bailarinos e o barulho frenético de saltos – para produzir este sensível documentário.


Eva la Hierbabuena é uma das estrelas do documentário "Mulheres do Flamenco"
Reprodução

"Mulheres do flamenco" estreia no canal ARTE 1 na próxima terça-feira, 16 de abril, às 21h, e tem reprise na quinta-feira, 18, às 20h40.