O glamour e as particularidades de São Paulo permeiam a caracterização dos personagens de ‘Sangue Bom’, próxima novela das sete, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, com direção de núcleo de Dennis Carvalho. “São Paulo é considerada a capital da moda do país. Tivemos que levar isso em consideração na hora de pensar o visual de cada um dos personagens da trama”, explica Nubia Maisa, responsável pela caracterização da novela. O realismo é outra característica marcante em toda produção. “Fugimos do visual construído, com exceção de alguns papéis como o da Giulia Gam e o da Marisa Orth. Como elas interpretam personagens mais teatrais, nos permitimos carregar um pouco mais na caracterização”, completa Fernando Torquatto, supervisor de caracterização.


Divulgação Globo / Zé Paulo Cardeal

Amora (Sophie Charlotte), a it girl da novela, é um exemplo da elegância e do charme abordado na trama. “A personagem da Sophie usa o que será ou pode ser tendência”, descreve Torquatto. Amora tem estilo próprio, está sempre elegante e bem vestida, pois é preocupada com a aparência, diferente de Malu (Fernanda Vasconcellos). “A Malu é bonita e se preocupa em manter boa aparência, mas é mais tradicional”, conta Nubia. Sua maquiagem e cabelo são mais naturais. “A maquiagem é apenas corretiva e o cabelo é seco ao natural. Quando necessário usamos apenas produtos para dar mais leveza”, explica Nubia. Já Giane (Isabelle Drummond) não tem vaidade alguma. Com jeito muito moleca, a personagem ganhou um ar despojado, com cabelo curtinho, que muitas vezes aparecerá preso com um elástico. “Mas, mesmo parecendo que não está usando nada, usamos corretivo e uma boa base”, conta Torquatto.

A mesma inversão de vaidade acontece com os protagonistas masculinos de ‘Sangue Bom’. Maurício (Jayme Matarazzo), o playboy, é preocupado com o visual, anda sempre arrumado. “Cortamos o cabelo do Jayme e deixamos bem penteado para dar o ar de “Mauricinho” do personagem. Além disso, a barba está sempre feita”, afirma Nubia. O extremo oposto disso é Fabinho (Humberto Carrão), o bad boy da novela. Justamente a fim de incrementar o ar revoltado do rapaz, Nubia escolheu deixar o cabelo maior e a barba bem serrada. Já Bento (Marco Pigossi) é um trabalhador sem vaidade e tem uma beleza natural. “Por isso deixamos o cabelo dele um pouco comprido e a barba curtinha para dar essa ideia de que ele não tem vaidade e se preocupa com o trabalho”, explica.