A premiada equipe de documentaristas responsável pela revolucionária série de história natural "Vida" retorna com um olhar revelador sobre um continente que parece familiar, mas que ainda guarda muitos segredos. Fruto de quatro anos de trabalho, "África" estreia dia 21 de abril, às 21h30 no Discovery. A série é dividida em sete episódios que dão vida ao continente mostrando espécies, comportamentos animais e maravilhas naturais que nunca haviam sido filmados.

A equipe viaja até um lugar secreto no sudoeste da África para testemunhar aquele que poderia ser o último grande grupo de rinocerontes do planeta. Ele foi filmado com um sistema de câmeras extremamente moderno que é operado com a luz das estrelas e captura sons usando microfones posicionados em locais estratégicos como as piscinas naturais onde os animais bebem água. No Congo, avistarão um chimpanzé fêmea adolescente que adora doces, o que a leva a aperfeiçoar técnicas complicadas para coletar mel usando quatro ferramentas diferentes. Além de lagartos corajosos que caçam moscas nas costas de leões adormecidos no Serengeti – um comportamento que nunca havia sido filmado. Até girafas são captadas de uma maneira totalmente nova, enquanto dois machos rivais na Namíbia desferem golpes violentos em uma luta feroz pela dominação.


"África" é a nova série do Discovery Channel
Divulgação/Discovery

Para filmar esses e outros comportamentos animais, a equipe de produção passou 1.598 dias em locações, com 79 expedições separadas em 27 países. Utilizou 21 tipos de câmeras diferentes para conseguir mais de duas mil horas de filmagem e das 553 câmeras utilizadas durante a série, apenas oito foram perdidas ou danificadas gravemente.

Os esforços extremos da equipe de "África" são narrados no episódio que traz os bastidores desta grande produção. Outros episódios da série mostram comportamentos animais estranhos, brutais e recém-descobertos no deserto do Kalahari, as densas florestas e picos cobertos de neve da Savana, a floresta tropical do Congo, o clima inconstante do Cabo da Boa Esperança e o deserto maciço e ressecado do Saara. Apresentado pelo naturalista inglês David Attenborough, o sétimo episódio da série mostra como a África está mudando mais rapidamente do que em qualquer outro momento da história. O maior e mais emblemático continente da vida selvagem está em um ponto crítico. A próxima geração de animais enfrentará desafios muito diferentes daqueles que foram enfrentados por seus antepassados – e os próprios animais devem se adaptar à nova paisagem e mudar seu relacionamento com os seres humanos.

"África" estreia dia 21 de abril, às 21h30 no Discovery Channel.