A cientista Mariana Zatz representa a esperança de cura para muitos pacientes que sofrem de doenças neuromusculares. Bióloga e geneticista premiada, ela fala sobre suas pesquisas e sua paixão pela genética, no Repórter Eco deste domingo, dia 14 de abril, às 17h30, na TV Cultura.

A paixão pelo assunto veio quando Mariana estava no colegial. “Aí eu disse`é isso que eu quero fazer´, numa época que ninguém sabia o que era genética”, conta. Hoje, a cientista, que fez mestrado, doutorado e pós-doutorado, lidera um grupo de ponta no estudo do genoma humano e no uso de células-tronco para tratar doenças hereditárias. É diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco em Doenças Genéticas.

Durante a entrevista, a pesquisadora fala sobre sonhos, ética nas escolhas e a importância de se conservar a natureza. “Eu acho que a gente teria que viver de uma maneira muito mais modesta", conclui.

Uma competição entre condomínios que serve de exemplo. Ganha aquele que conseguir economizar mais água. Essa iniciativa da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) em parceria com uma agência de publicidade aconteceu em um bairro de São Paulo e também está nesta edição do Repórter Eco.

Outra matéria alerta para os riscos de corpos celestes caírem na Terra. Segundo a Nasa, existem milhares de asteoróides e cometas no céu, que podem causar estragos no nosso Planeta.