vh1 Dia 02 de junho, às 21h, o canal VH1 estreia o documentário nacional inédito "Tropicalia". Produzido pela BossaNova Films, com a co-produção do VH1, Record Entretenimento e DLA e dirigido por Marcelo Machado; o filme traz uma análise sobre o importante movimento musical homônimo no final dos anos 1960. O documentário resgata uma fase na história do Brasil em que cena musical fervilhava e os festivais revelavam vários novos talentos, ao mesmo tempo, o Brasil sofria com a ditadura dos generais no poder.


Imagem do documentário "Tropicalia"
Divulgação/Imagem Filmes

O documentário "Tropicália" foi feito a partir de uma rica pesquisa em arquivos de imagens, conta a história do movimento cultural que aconteceu no Brasil no final dos anos 60. Encabeçado pelos músicos Caetano Veloso e Gilberto Gil, o também chamado Tropicalismo teve seu apogeu nos festivais de música popular que a televisão brasileira veiculava na época. Os “Tropicalistas” foram uma referência na cultura, propondo um som universal que misturasse a música brasileira com as influências do pop rock. Se opunham a música de caráter nacionalista no momento em que parte da juventude se engajava politicamente contra o imperialismo americano.

Suas idéias polêmicas sobre música e comportamento no início da ditadura militar resultarem na prisão e exílio de Caetano e Gil. "Tropicália" traz muitas imagens inéditas desses protagonistas e também de Gal Costa, Tom Zé, Os Mutantes, Rogério Duarte, Galuber Rocha e Hélio Oiticica no curto período quando tudo acontece: 1967, 1968, 1969. Mostra a evolução artística e musical desse grupo e os aspectos contraculturais do turbilhão criado por eles.

"Tropicália" estreia dia 02 de junho, às 21h no canal VH1.