maisglobosat Há dois mil anos atrás a Nova Zelândia era bem diferente do resto do mundo. Era um paraíso para as aves, uma relíquia de um mundo antigo e há muito tempo esquecido. A Ulva Island é uma janela para esse mundo. Livre de predadores, a ilha permite que as espécies nativas sobrevivam em relativa segurança.


Cena do documentário "Nova Zelândia – Paraíso das Aves", do +Globosat
Divulgação/+Globosat

O documentário do +Globosat, "Nova Zelândia – Paraíso das Aves" ("Primeval Paradise") nos conta a história sobre a vida nessa ilha do ponto de vista de um jovem pássaro. É um conto íntimo que proporciona uma visão detalhada sobre um mundo raro que poucos no mundo viram. O documentário vai ao ar na quinta-feira, dia 23 de maio, às 23h.