bio Considerado irresponsável e hedonista, Charlie Sheen, cujo nome de batismo é Carlos Irwin Estevez, ficou em exposição na mídia nos últimos tempos graças ao sucesso da série "Two and a Half Man", e mais ainda depois sua saída sob livre e espontânea pressão – críticas públicas à produção resultaram em sua demissão da série cômica de maior sucesso nos Estados Unidos na ocasião, em que protagonizava um bon vivant solteiro, beberrão e mulherengo, personagem considerado seu alter ego. Para relembrar um pouco desta intrigante trajetória, no dia 27 de maio, segunda-feira, às 17h, o The Biography Channel disseca a vida do astro que deu a volta por cima, tendo renovado o contrato de sua nova série "Anger Management".


Charlie Sheen é destaque no Bio.
Divulgação/Bio.

Filho de Martin Sheen e irmão do também ator Emilio Estevez, desde jovem Charlie se acostumou com os sets de filmagens e tomou gosto pela profissão, e pela vida desregrada de Hollywood. Entre os seus amigos de juventude na Califórnia estavam Rob Lowe e Sean Penn, conhecidos bad boys da vida real. Aos 15, foi flagrado usando cartões de crédito roubados. Seguiram-se a isso cinco prisões por violência doméstica e inúmeras idas para a reabilitação por uso de drogas.

Pai de cinco crianças, Sheen estampou os noticiários de fofoca em 2005 devido ao fim de seu casamento com a atriz Denise Richards, com quem teve duas filhas. Entre outras acusações, a ex-mulher dizia que o ator era viciado em pornografia e temia pela vida da família, uma vez que ele mantinha um revólver em casa e era obcecado por casos como o de O.J. Simpson, o ex-jogador americano que matou a mulher. O casamento seguinte, com a corretora Brooke Mueller, também não teve um final feliz, mas o ator compensou a dor do rompimento engatando namoro com Natalie Kenly, ex-estudante de pedagogia, e Bree Olson, atriz pornô.
Apesar da vida libertina, o astro tem uma carreira prolífica no cinema e é lembrado, até hoje, por Top Gang – Ases Muito Loucos (1991) paródia de Top Gun – Ases Indomáveis (1986), embora também tenha feito participações marcantes em longas como Platoon (1986) e estrelado Wall Street – Poder e Cobiça (1987), ambos dirigidos por Oliver Stone.

Charlie Sheen é tema de especial do Bio., dia 27 de maio, às 17h.