ae Atentados explosivos, conspirações internacionais e redes de tráfico de carros complexas são tema da nova temporada de NCIS: Los Angeles, que volta ao A&E, no dia 16 de junho, domingo, às 20h. A dinâmica divisão policial segue em sua tarefa de capturar perigosos criminosos, recorrendo a surpreendentes inovações tecnológicas, incríveis transformações físicas e arriscadas mudanças de identidade. Nesta quarta temporada, os agentes especiais Callen (Chris O’Donnell) e Hanna (LL Cool J.) seguirão em sua luta contra o crime organizado na meca do glamour, da moda e do cinema.

[creditos:160db2010c]
Divulgação A&E[/creditos:160db2010c]

A força da equipe será posta a prova mais uma vez, quando a investigação da morte suspeita de um agente da CIA faz surgir dúvidas e causa ciúmes dentro do próprio NCIS. A morte também os ronda ao enfrentar o assassinato de um antigo colaborador do grupo.

Nesta temporada, os talentos dos agentes especiais reluzem mais uma vez quando têm de adotar estrambóticas personalidades extravagantes para poder investigar casos intricados, como quando têm de se fazer passar por “encantadores de cachorros” para cumprir sua missão.

O terrorismo internacional não descansa e os agentes de NCIS, tampouco. Nos 16 episódios da série exclusiva do A&E no Brasil, o camaleônico G. Callen, e o ex-fuzileiro Sam Hanna, além dos demais membros deste grupo de elite, impedem as mais complexas operações de redes internacionais que buscam desestabilizar tanto a economia como a paz mundial.

No episódio de estreia, mais adrenalina, mais ação da justiça e mais surpresas: as últimas ações de Callen determinam sua permanência na equipe para o bem ou para mal e Hetty se debaterá entre o cumprimento do dever e a tranquilidade da aposentadoria.