band Ficar mais próximo do telespectador e possibilitar que ele se aprofunde sobre que está passando na tela da Band no exato momento em que liga a tevê. É com essa intenção que o canal adota a partir de hoje o conceito de segunda tela. Dedicado ao público e aos anunciantes, a tecnologia – lançada durante a Copa das Confederações – promete mudar a forma que sua audiência vê e interage com a programação.

[creditos:dec5c53247]
Divulgação Band [/creditos:dec5c53247]

A ideia partiu de uma premissa clara – e comprovada por pesquisas – de que, cada vez mais, o telespectador assiste à programação enquanto navega na internet por meio de um tablet ou celular nas mãos. A partir daí, foram desenvolvidas todas as possibilidades de interação virtual com o evento em tempo real, como estatísticas, curiosidades, biografias e games.

A ação acontece da seguinte forma: sincronizados com os jogos do campeonato, conteúdos vão se apresentando no device do telespectador. Números sobre posse de bola, faltas, histórico dos duelos entre os times, fatos relevantes e curiosidades sobre os jogadores pintam na tela conforme o jogo acontece. Uma novidade que vai agradar especialmente o público que gosta de palpitar é uma espécie de game onde ele pode concorrer com amigos e com outros participantes ao topo do ranking dessa disputa por quem acerta mais resultados.

[creditos:dec5c53247]
Divulgação Band [/creditos:dec5c53247]

A Band aposta que o modelo se adapta muito bem ao público e aos programas da emissora, que possuem um perfil mais jovem e interativo.

O aplicativo foi criado e desenvolvido no Brasil pela empresa KlugTv em parceria com o portal band.com.br: “Criamos uma nova e poderosa mídia que se beneficia do poder da penetração da televisão e dos conceitos de interatividade e viralidade do meio internet”, explica Gustavo Mills, criador e CEO do KlugTv. “O encontro com a Band foi muito feliz, estamos empenhados em envolver todo nosso time de criativos e engenheiros para revolucionar a forma como as pessoas assistem a televisão. A parceria com a Band tem sido fundamental como laboratório para o desenvolvimento de novas possibilidades de interação com a programação da emissora e seus anunciantes. Estamos à frente de muita coisa que está sendo feita no mundo em relação à segunda tela. A revolução está só começando e a partir do Brasil”, orgulha-se Mills.

Para ter acesso à ferramenta, basta baixar gratuitamente o aplicativo Segunda Tela da Band, que está disponível para smartphones e tablets de qualquer sistema operacional. Ao término da Copa das Confederações, a ferramenta estará disponível em eventos especiais da Band. A ideia é que a tecnologia ganhe, aos poucos, toda a grade da emissora. Para saber mais acesse: www.band.com.br/segundatela.