cultura O programa Repórter Eco do próximo domingo, dia 18 de agosto, traz reportagem especial sobre Fernando de Noronha, considerado um dos melhores locais de mergulho do mundo. Com imagens deslumbrantes da natureza, o programa da TV Cultura vai ao ar às 17h30.

[creditos:d3508ae14d]
Divulgação / TV Cultura[/creditos:d3508ae14d]

A equipe de reportagem, formada pela jornalista Cláudia Tavares, Fernando Dj (imagens ) e Alcides de Almeida (áudio), percorreu a ilha principal do arquipélago de Fernando de Noronha (são 21 ilhas), localizado a mais de 500 km de Recife (PE). Além de registrar a diversidade da vida marinha, a matéria aborda projetos mais específicos, como os de conservação do golfinho Rotador e das tartarugas.

Além do reino animal, estão no foco do programa as trilhas do Parque Nacional e o patrimônio histórico formado pelas ruínas de fortes e antigos presídios.

Para delinear um quadro atual de Fernando de Noronha, o especial aborda os desafios para proteger a riqueza do lugar, que ganhou o título de Patrimônio Mundial Natural, concedido pela Unesco, em 2001. A reportagem conversou com um público diversificado, incluindo desde turistas, guias e moradores locais até pesquisadores como o coordenador do Projeto Golfinho Rotador, José Martins, o coordenador do Projeto Tamar, Rafael Robles, o chefe do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Ricardo Araújo, dentre outros.

Com imagens feitas em mergulho, o programa mostra diversas espécies de peixes, entre eles alguns ameaçados de extinção. É o caso do Mero, Esponja Vermelha, Coral de Fogo e Moréia Verde.

O consultor Washington Novaes participa com comentários sobre o projeto que pretende transformar Fernando de Noronha em exemplo de geração e consumo de energias renováveis.