warner O canal de televisão por assinatura Warner Channel exibiu ao vivo e com exclusividade no último domingo a 65ª edição do Emmy Awards. Com um total de 11 prêmios entre as 15 categorias em que concorria, a minissérie Behind The Candelabra foi a grande vencedora da noite. A premiação, comandada por Neil Patrick Harris, também ficou marcada por homenagens a James Gandolfini (Família Soprano) e Cory Monteith (Glee), mortos este ano, e pela emoção dos premiados, como Jim Parsons, de THE BIG BANG THEORY.

Behind The Candelabra, produção centrada na história real do pianista gay Liberace, arrematou estatuetas técnicas como as de mixagem de som, figurino e maquiagem com e sem prótese, mas também títulos dos mais cobiçados da noite, como os de direção (Steven Soderbergh), melhor ator (Michael Douglas) e o principal do seu gênero: melhor minissérie ou telefilme.

Cercada por grande expectativa após se tornar a primeira atração de veiculação online a ser indicada ao Emmy®, House of Cards obteve o reconhecimento da Academia à direção de David Fincher, mas não pôde superar Breaking Bad, que em seu último ano na TV conseguiu pela primeira vez a honraria de melhor série dramática.

Já no páreo à melhor comédia, não houve surpresas: a história se repetiu e Modern Family conquistou a categoria pela quarta vez consecutiva. No campo das atuações, Jim Parsons, o famoso nerd Sheldon Cooper de THE BIG BANG THEORY voltou ao topo entre os atores cômicos e levou o troféu da categoria pela terceira vez. A série, que estreia sétima temporada em 8 de outubro no Warner Channel, ainda viu Bob Newhart ser coroado como melhor ator convidado por seu papel como o Professor Próton.