band O programa A Liga, exibido pela Band, apresenta nesta terça-feira, dia 3 de setembro, os desafios de ser portador de alguma deficiência e fala sobre o desabamento que matou 10 pessoas na capital paulista há alguns dias.

Mais de 40 milhões de pessoas no Brasil tem algum tipo de deficiência. São brasileiros como nós, mas sem os mesmos direitos. China passou 24 horas sem ouvir para entender as dificuldades de comunicação enfrentadas pelos deficientes auditivos. Mariana Weickert viveu dois dias na cadeira de rodas e mostra que a locomoção pode ser uma verdadeira corrida de obstáculos. Rita Batista conheceu mães de crianças deficientes na AACD, enquanto Cazé se jogou numa balada com deficientes auditivos.

[creditos:a03c26823f]
Mariana Weickert passa dois dias na cadeira de rodas
Divulgação / Band[/creditos:a03c26823f]

Na manhã da última terça-feira, dia 27, São Paulo acordou assustada com a notícia do desabamento de um prédio em construção na Avenida Mateo Bei, zona leste da cidade. Foram resgatadas 26 pessoas com vida e 10 morreram. Em busca de todos os detalhes sobre a operação que mobilizou as forças de segurança da capital paulista, Rita Batista acompanhou o trabalho de resgate as vítimas e a busca de Maria de Fátima por seu filho. Rafinha Bastos foi em busca dos responsáveis pela tragédia e Thaíde investiga quais eram as condições de trabalho do grupo de pedreiros da construção.

A Liga vai ao ar todas as terças, às 22h30, pela Band.

[creditos:a03c26823f]
Divulgação / Band[/creditos:a03c26823f]