history O canal de televisão por assinatura History estreia na sexta-feira, dia 18 de outubro, a partir das 22h (21h no fuso horário de Manaus), a segunda temporada da série "Decifrando Milagres", uma produção original do canal. A América Latina tem muitas historias mágicas, carregadas de misticismo e, muitas vezes, as explicações escapam à razão. Casos que a sabedoria popular define como milagres porque vê neles um ato divino.

[creditos:74da2e52f7]
Divulgação / History [/creditos:74da2e52f7]

Os milagres são descritos por diversos credos ao redor do mundo e são definidos como um acontecimento incomum que só ocorre pela intermediação do divino. Mas, seria possível que seja unicamente produto da intervenção de um ser superior ou são as mentes dos seres humanos que são capazes de provocar estes fenômenos? É disso que uma equipe de cientistas tratará de revelar em cada episódio de Decifrando Milagres, apresentando hipóteses e comprovando-as com rigorosos estudos.

A investigação é realizada por equipes provenientes de prestigiosas universidades latino-americanas, formadas por especialistas em biologia, neurociência, psicologia, medicina forense, fisiologia celular e molecular, medicina e psiquiatria, ao lado de especialistas em teologia e estudiosos da religião católica, judaica e afro-cubana, entre outras, que fazem uma análise ecumênica desses fenômenos. Visões de mundo que se entrecruzam, unindo o rigor do método científico aos dogmas da fé e permitem escrutinar casos assombrosos e enigmáticos que aparecem em diferentes regiões da América Latina.

Buscando a verdade, o programa recorre a depoimentos, recria tradições, ritos e cultos ancestrais, presentes em toda região, entregando uma enriquecedora visão histórica do saber popular dos povos do continente. Uma produção de primeiro nível, com dramatizações de como ocorreram os milagres ou outros eventos inexplicáveis, segundo os depoimentos. A isso se soma a visão histórica que contextualiza o ocorrido, situando-o no tempo e espaço, e infográficos científicos ou médicos que detalham, por exemplo, o funcionamento de um órgão como o olho humano e o que acontece quando se perde a visão. Tudo isso com o propósito de apresentar a visão mais completa possível dos acontecimentos e suas possíveis explicações para que os espectadores cheguem à suas próprias conclusões.