globonews O que é inovação? Quais são as próximas tendências dos quatro cantos do planeta? Em ‘Navegador’, novo programa da GloboNews, os quatro amigos Alê Youssef, Hermano Vianna, José Marcelo Zacchi e Ronaldo Lemos se juntam para debater, semanalmente, o que está acontecendo ou irá acontecer na política, na cultura, no comportamento e na tecnologia, discutindo suas consequências para a vida das pessoas. A atração vai ao ar a partir de sábado, dia 09 de novembro, às 20h30 (e 18h30 em Manaus).

[creditos:cad947e6cd]
Divulgação / GloboNews[/creditos:cad947e6cd]

Navegador é um programa sobre inovação e apresenta, através de um papo entre amigos de longa data, o que há de mais promissor em diferentes campos. Será um espaço para discutir com o público pequenas revoluções em nossas vidas”, descreve Alê Youssef, o âncora do programa, que assume a responsabilidade de intermediar a conversa com o grupo, costurando os temas da semana.

Nosso objetivo é estimular a conversa sobre inovação e as atividades inovadoras no Brasil. Desejamos que o país seja cada vez mais inovador, que cada um dos nossos links inspire mais gente a criar coisas novas que tornem o mundo mais interessante”, explica o antropólogo Hermano Vianna. Zé Marcelo Zacchi acrescenta a importância da inovação para o bem-estar da sociedade: “Para mim, inovação é tudo o que cada um pode fazer para tornar o mundo melhor e mais belo. O ‘Navegador’ está aqui para tentar explorar, interpretar e curtir tudo que de novo se produz no mundo para isso”.

Amigos de anos, o quarteto sempre trocou ideias e novidades através da internet ou em encontros privados. A ideia de abrir estas conversas para o público foi muito bem recebida pelo canal. “De imediato, compramos a ideia do programa. Estamos animados. Essa estreia é uma das grandes apostas do canal para o final desse ano”, conta a diretora da GloboNews, Eugenia Moreyra. “Sempre que descobrimos novidades que consideramos importantes e que têm pouca divulgação, trocamos links e comentários entre nós quatro, em um intercâmbio permanente, mesmo quando estamos separados por distâncias intercontinentais. Ficamos então com vontade de compartilhar essas descobertas com mais gente. O programa já nasce com um canal aberto para que o público possa também nos indicar o que considerada inovador e o que precisa ser mais conhecido, fazendo parte de uma conversa cada vez mais ampla”, conta Hermano.