Sexta-feira, 31 de outubro, Halloween – o dia em que as histórias de terror mais violentas tomam conta do imaginário coletivo. No canal de televisão por assinatura Investigação Discovery, essas narrativas têm como fontes crimes reais, contados por quatro produções exibidas a partir das 20h.

A programação especial tem início com Vivendo com o Inimigo. Alison Hewitt se inscreveu uma agência de namoros exclusiva, ela não imaginava que suas ações provocassem uma cadeia de eventos que condenaria ela e sua família a uma sentença de morte. O homem que ela conheceu era um canadense respeitável, homem de negócios que morava em Londres, chamado Al Amin Dhalla. A princípio, seu relacionamento com ele floresceu, mas logo a mãe de Alison começou a desconfiar do homem que dizia ser órfão, mas parecia esconder segredos sinistros. Ela contrata um detetive particular e logo descobre que a vida toda de Dhalla se baseia em mentiras. Somente após seis meses, quando Alison rompe o namoro, é que o verdadeiro Dhalla se revela.

Em seguida, às 21h, vai ao ar Caminhoneiros: licença para matar. Eles conhecem todas as estradas dos país, nunca estão no mesmo local e passam a maior parte do tempo no anonimato – para alguns caminhoneiros, estas são características de uma profissão solitária e extremamente necessária para o transporte de bens e mercadorias. Para outros, entretanto, são oportunidades para cometerem crimes hediondos e fazerem das rodovias sua rota de fuga. Este documentário conta a história de caminhoneiros assassinos, entre eles Adam Leroy Lane.

Às 22h vai ao ar As prisioneiras de Cleveland. Em 6 de maio de 2013 uma ligação para o serviço de emergência da polícia revelou uma história que abalou o mundo todo. Do outro lado da linha estava Amanda Berry, até então desaparecida, pedindo ajuda. Quando a polícia chegou à casa onde a jovem tinha sido mantida em cativeiro, a cena era de um filme de terror, algo que deixaria em choque até os mais experientes investigadores. Este especial conta a história arrepiante das três jovens mulheres que foram presas no porão da casa de um homem em Cleveland, Ohio, por mais de uma década.

Finalizando o especial de programação, às 23h, O assassino da fazenda de porcos. O especial conta a história de Robert “Willy” Pickton, o serial killer mais famoso do Canadá e mostra os detalhes da mais cara investigação sobre um assassino em série da história canadense, através de entrevistas com conhecidos de Pickton, e, pela primeira vez, do testemunho chocante de uma mulher que escapou de suas mãos. Uma análise perturbadora de quem o conhecia, e de como e quando Pickton agia sozinho. O especial traz ainda revelações de policiais que trabalharam no caso e oferecem uma nova perspectiva do que aconteceu na investigação.