O +Globosat exibe no dia 8 de novembro, às 21h00, o documentário Speed – Em Busca do Tempo Perdido. A atração fala do paradoxo do advento das tecnologias, que ao facilitar a vida das pessoas possibilitou grande economia de tempo na resolução de assuntos triviais, mas também as tornou reféns de seu uso.

Minha experiência com o tempo agora está limitada a um sentimento: Eu não tenho tempo suficiente”. Essa é a conclusão do jornalista Florian Opitz, criador do documentário.

No documentário, o jornalista tenta entender a relação da escassez de tempo com a constante aceleração do ritmo da sociedade. O próprio autor arrisca responder de forma pessoal a questões como “Você dá atenção o suficiente para sua família, amigos e diversão?” e “Você está vivendo do jeito que gostaria?”. Para auxiliar, especialistas em planejamento tiram dúvidas. O resultado revela um quadro preocupante: as pessoas passaram a buscar cegamente o crescimento profissional, deixando de lado as coisas mais importantes para ter uma vida feliz.