No dia 26 de janeiro, às 20h40, o Discovery Channel irá abrir os arquivos da agência espacial na série Segredos da Nasa. De supostas evidências da existência de vida em outra parte do sistema solar ao "bombardeio" que atingiu uma pacata cidade russa, os seis episódios de uma hora de duração desvendam mitos e verdades sobre acontecimentos investigados pela agência espacial.

A série traz, por exemplo, o depoimento do astronauta Dr. Leroy Chiro. Ele conta ter visto cinco luzes flutuando no espaço se movendo em alta velocidade, enquanto fazia um reparo na parte externa da estação espacial internacional em março de 2005.

Mostra também o estranho caso de Europa, uma das luas de Júpiter. Descoberto em 1995, o satélite natural tem incontáveis veios vermelhos por toda sua superfície congelada. O Dr. Brad Dalton resolve olhar de perto uma dessas manchas e descobre que elas têm impressionante semelhança com as formas de vida primitivas que ainda existem nos gêiseres do parque Yellowstone. Seriam essas manchas a prova de que a lua jupteriana já abrigou vida?

Charles Duke, um dos integrantes da missão Apollo 16, explica por que as imagens que trouxe da Lua causaram polêmica e ficaram sem respostas por mais de três décadas. Depois, Milhem conta a verdade sobre a bola incandescente que causou destruição na Rússia, gerou rumores de um bombardeio e evocou memórias da Guerra Fria.