A comédia "O Amor Não Tira Férias" (dia 07 de fevereiro, às 22h), tem Cameron Diaz, Jack Black, Jude Law e Kete Winslet no elenco. Amanda é uma bem sucedida empresária na Califórnia. Iris é uma sensível escritora que vive em uma cidadezinha inglesa. As duas partilham a decepção amorosa. Querendo mudar o rumo das coisas, elas combinam de trocar de casas durante as festas de fim de ano, o que trará grandes surpresas para as duas.

No drama "Cisne Negro" (dia 14 de fevereiro, às 22h)m Nina (Natalie Portman) é uma talentosa bailarina escalada para o papel principal de "O Lago dos Cisnes". Porém, a ameaça de uma nova e sedutora bailarina (Mila Kunis) faz com que ela fique instável emocionalmente e a pressão dos ensaios e a aproximação do espetáculo ameaçam a sanidade de Nina e também sua própria vida. A ação "O Sequestro Do Metrô 1 2 3" (dia 28 de fevereiro, às 22h), mostra os equestro do trem o Pelham 1 2 3 por Ryder (John Travolta), que exige que a prefeitura lhe pague US$ 10 milhões em uma hora, caso contrário matará um refém a cada minuto extra. Cabe a Walter Garber (Denzel Washington), um executivo do metrô de Nova York que foi rebaixado para a função de coordenador de tráfego, negociar com os sequestradores.

O terror "A Casa Silenciosa" (dia 09 de fevereiro, às 22h) mostra em tempo real, os momentos aterrorizantes de Sarah e seu pai, que decidem reformar a casa de campo, abandonada há muito tempo. Ao chegarem lá, percebem que terão de passar uma noite sem energia elétrica. Mal sabem que, nesse tempo, algo os assombrará. No suspense dramático "A Tentação" (dia 08 de fevereiro, às 0h45), o fundamentalista cristão (Patrick Wilson) força o ateu (Charlie Hunnam) a ficar dependurado no topo de um alto edifício. O fundamentalista dá ao ateu uma hora para escolher entre a própria vida e a vida de outra pessoa, enquanto um policial (Terrence Howard) tenta convencê-lo à descer do topo desse edifício.

Ainda tem o brasileiro "Quando Eu Era Vivo" (dia 23 de fevereiro, às 18h35), que conta a história de Júnior (Marat Descartes), homem que retorna à casa do pai depois de perder o emprego e a mulher. Sem encontrar espaço no lar que antes também fora o seu, Júnior passa os dias no sofá do velho Sênior (Antônio Fagundes), remoendo a separação, o desemprego e pensando na jovem e sensual Bruna (Sandy Leah), inquilina de um cômodo do apartamento. Após encontrar objetos que remetem ao passado e à sua mãe, já morta, Júnior desenvolve uma obsessão pela história de sua família e entra numa espiral vertiginosa na qual realidade e delírio se confundem.