O satélite Amazonas 4A foi lançado em março do último ano, no entanto, uma notícia importante só foi revelada há poucos dias por Elena Pisonero, presidente da Hispasat, para o jornal CincoDías.

De acordo com o noticiário, 50% da capacidade do satélite Amazonas 4A foi comprometida devido a um problema elétrico na condução e não está funcionando. O defeito foi rapidamente identificado e a empresa buscou outras alternativas.

A Hispasat e a Intelsat chegaram a um acordo para as duas empresas compartilharem a posição 55.5º Oeste e dividirem a capacidade de transmissão em Banda KU. O novo satélite da Intelsat será lançado no segundo semestre e ajudará a amenizar a falha no satélite da Hispasat.