O Investigação Discovery estreia "Jovens Desaparecidos", nova série que mostra investigadores particulares que assumiram dois casos intrigantes de desaparecimento, com a ajuda de familiares que vivem no fio da navalha.

Os casos que integram a série já foram engavetados pela polícia. Mães, pais e irmãos ficaram com incertezas e amargam um tipo específico de tensão, próprio de quem teve sua vida suspensa pela ausência inexplicável de um ente querido. Juntos, familiares e investigadores definem um local como possível paradeiro, viajam até lá e conversam com estranhos, perseguindo evidências da passagem do desaparecido por aquelas ruas.

No episódio de estreia, Dokota é tratada pela polícia como mais uma adolescente rebelde que fugiu de casa. A jovem começou a apresentar comportamento errático no ensino médio, até que desapareceu de um centro de reabilitação de jovens. A suspeita de Tom é que Dakota esteja viva e envolvida em um rede de prostituição. O outro caso, Robin é descrito como um rapaz tímido e sensível. Ele saiu da faculdade de artes em agosto de 2012 e pegou o trem que o levaria do campus à cidade onde moram os pais. O trem fez uma parada às três da manhã e, depois dela, Robin sumiu. Há esperanças de que ele esteja em Nova York, tentando a vida como artista independente.

"Jovens Desaparecidos" estreia dia 23 de fevereiro, às 21h20 no Investigação Discovery.