O documentário Hereros Angola mostra os costumes sociais e culturais dos povos Hereros, pastores nômades que vivem no deserto do Namibe, no sul da Angola. A produção revela rituais realizados no nascimento, morte, casamento e puberdade, além de abordar o contato desses povos com a cultura ocidental. Com direção do fotógrafo brasileiro Sérgio Guerra, o filme inédito será exibido no SescTV dia 20/03, sexta, às 23h.

A ideia de produzir o documentário surgiu após Guerra visitar por diversas vezes a região onde vivem os Hereros. O objetivo de suas idas e vindas ao lugar era para realizar uma exposição fotográfica e um livro sobre esses povos a partir dessa experiência.

Descendentes dos Muhereros, os Hereros são polígamos e vivem da criação de gado e de cabras. A seca os faz migrarem, pois dependem da chuva para manter os pastos verdes e alimentar os animais, que são a principal fonte de subsistência desse povo. Seus conhecimentos vêm dos mais velhos, não possuem a tradição escrita, apenas oral. Vivem isolados em um mundo globalizado; longe das tecnologias tentam preservar os costumes e ensinamentos de seus antepassados.