O realismo fantástico de Aguinaldo Silva volta ao Viva em “Fera Ferida”. Trama que foi exibida na Globo em 1993, inspirada em obras escritas por Lima Barreto, a novela se passa na fictícia cidade interiorana de Tubiacanga. Em parceria com Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares, Aguinaldo destaca a vingança e a cobiça como temas determinantes do folhetim.

Feliciano Junior (Edson Celulari) retorna à Tubiacanga quinze anos depois do falecimento de seus pais, Feliciano (Tarcísio Meira) e Laurinda (Lucinha Lins). Sob a identidade de Raimundo Flamel, ele pretende se vingar dos inimigos de sua família, principais responsáveis pela tragédia. Na época, seu pai era prefeito da cidade, e acreditava na existência de minas de ouro na região. A autoridade contava com o apoio de Major Emiliano Bentes (Lima Duarte), Professor Praxedes (Juca de Oliveira) e Numa Pompílio de Castro (Hugo Carvana), até uma intriga política incitada por Demóstenes (José Wilker) estourar e todos se virarem contra o prefeito.

Flamel é um alquimista cheio de mistérios. Disposto a acabar com os poderosos da cidade, ele aguça a cobiça de seus alvos, prometendo transformar ossos humanos em ouro. A notícia se espalha, e os moradores passam a violar as sepulturas em busca de ossadas. É discípulo do alquimista Nicolau (Ivan de Albuquerque). Flamel tem ao seu lado Genival Gusmão (Ewerton de Castro), seu secretário e ouvinte, e a costureira Margarida Pestana (Arlete Salles), irmã de sua mãe e sua madrinha.

A novela conta, também, com atores de peso como Lima Duarte, Claudio Marzo, José Wilker, Hugo Carvana, Tarcísio Meira, Joana Fomm, Juca de Oliveira, Arlete Salles, Susana Vieira, Otávio Augusto, Vera Holtz, Cássia Kiss Magro, Tonico Pereira, Claudia Ohana, Lucinha Lins, Paulo Gorgulho e Luiza Tomé.

“Fera Ferida” estreia dia 15 de junho, às 0h no canal Viva.