A partir desta segunda-feira, 15 de janeiro, o canal Animal Planet exibe o especial O Melhor da Vida Selvagem com programação temática exibida na faixa das 20h40, com atrações que destacam as belezas de fauna e da flora de diferentes ecossistemas.

O especial começa na segunda, 15, com o primeiro episódio da segunda temporada de Criaturas estranhas com Dominic Monaghan. Na série, o apresentador explora os cantos mais remotos do mundo em busca de animais raros – alguns deles são especiais pela beleza, outros estão entre os seres mais mortais do planeta. No episódio que inaugura o especial, Dominic está no Quênia, coração da savana africana, em busca de uma cobra que pode cuspir seu veneno poderoso por mais de três metros. Enquanto ajudam um animal ferido, ele e o cinegrafista têm um encontro aterrorizante com um elefante.

Reinos Ocultos é a atração de terça-feira. A partir da avançada tecnologia na captação de imagens da vida selvagem, este especial revela o mundo sob as perspectivas dos animais pequeninos. Para eles, pequenas gotas de chuva parecem meteoritos e uma brisa suave tem a força de um tornado. O primeiro episódio está na África, onde gigantes ferozes e majestosos reinam. Bem debaixo das patas de espécies emblemáticas estão criaturas como o musaranho, conhecido como o menor mamífero do mundo. Os musaranhos usam velocidade e agilidade como estratégias de sobrevivência para eles e seus diminutos filhotinhos.

Na quarta-feira vai ao ar um clássico entre as séries de história natural: Planeta Terra I. A série significou uma revolução nos documentários sobre a vida selvagem, com acesso a territórios inexploradso e registro de eventos naturais inéditos até então. O primeiro episódio percorre o globo de norte a sul, por diferentes macro-habitats, mostrando alguns dos resultados de cinco anos de filmagens em mais de 200 locações. Entre as cenas estão o emocionante encontro com a fêmea de urso polar que, depois de meses de escuridão permanente no Circulo Polar Ártico, sai da toca com seus filhotinhos.

Na quinta-feira, Patagônia Selvagem explora os rincões de uma das mais exuberantes paisagens da América. Em uma jornada pelo extremo meridional do continente, a produção apresenta belezas e perigos de uma terra criada pela força implacável do planeta e que guarda regiões completamente preservadas. Circundando o sul da Cordilheira dos Andes e estendendo-se por territórios do Chile e Argentina, a Patagônia abriga contrastes: as montanhas de topos nevados, as águas geladas do Pacífico e as estepes áridas abrigam espécies que só podem ser encontradas ali. No primeiro episódio, a série mostra como vivem os pumas, um dos grandes felinos americanos, e os pequeninos beija-flores. Nas florestas que remontam à época dos dinossauros, as lentes flagram macacos e, nos picos dos rochedos, o imponente condor andino.

A atração que finaliza o especial na sexta-feira, 19, segue um dos mais experientes cinegrafistas da vida selvagem: Mungo sempre esteve atrás das câmeras, colocando em evidência a magnificência de paisagens isoladas e hostis. Durante os mais de vinte anos de carreira, ele reuniu histórias que suas imagens ainda não contaram, bastidores da profissão que entram em foco com Lendas Selvagens. Na série, Mungo e sua equipe empreendem viajam a diferentes destinos para captar imagens inéditas de seres que povoam lendas aterrorizantes e que teriam desferido ataques a humanos. No episódio que faz parte do especial, Mungo está de volta à Amazônia peruana, em busca de uma serpente de proporções colossais – a Yacumama, um réptil que chegaria aos 50 metros de comprimento.