Surgidos na virada do século XXI, os Mythbusters influenciaram milhares de curiosos no mundo todo ao transportarem conceitos científicos para a rotina por meio de experiências divertidas, nas quais o próprio processo de montagem era uma atração. As invenções mirabolantes, engenhocas, traquitanas e testes – que nem sempre davam certo – tinham um motivo: mostrar que o método científico é fascinante.

A partir desta sexta-feira, 19 de janeiro, às 20h40, o Discovery retoma esse clássico de sua programação com uma edição inédita: como o sugere o título, Caçadores de Mitos: A Competição está à procura dos novos integrantes que darão continuidade ao trabalho iniciado em 2002 por Adam Savage e Jamie Hyneman.

Separar a realidade da ficção, aplicando conhecimentos de física, química e biologia para detonar mitos e lendas – essa é a missão a que se propõem os dez participantes da copetição. Eles disputam entre si para provar que podem ser sucessores de Adam e Jamie e, ao final da temporada, dois deles serão escolhidos como os novos Mythbusters.

Brian, Tracy, Martin, Jason, Allen, Ben, Sarah, Jon, Tamara e Hackett são engenheiros, designers, pesquisadores ou curiosos que não têm medo de colocar a mão na massa e inventar engenhocas – afinal, todos tiveram o gosto pela “ciência explosiva” influenciado pelos Mythbusters, e estão preparados para seguir adiante com o legado dos dois.

A cada episódio, eles devem analisar dois mitos: o primeiro deles será testado em equipe; o segundo, em uma prova individual. Criatividade, conhecimento e habilidade para construir as experiências serão critérios avaliados por Kyle Hill, editor do site Nerdist e o apresentador da série, e o jurado convidado da semana. Além disso, capacidade de divertir-se com os próprios erros é qualidade fundamental. A cada semana, um dos participantes deixará a competição.