Neste sábado (17), o GloboNews estreia o documentário inédito "Aqualoucos". Os Aqualoucos eram atletas-palhaços que faziam estripulias inimagináveis em cima da prancha de salto, a 10 metros de altura. Famosos entre os anos 50 e 80, eles atraíam milhares de pessoas ao Clube Tietê nos finais de semana, quando apresentavam esquetes divertidas e exibiam suas habilidades em saltos perigosos.

Escrito e dirigido pelo filho de um dos Aqualoucos originais, esse documentário conta a história do grupo a partir dos relatos de seus antigos membros. O bonachão Fiore, idealizador dos Aqualoucos, chega a se aventurar na prancha aos 84 anos de idade. Manolo, conhecido como o mais louco do grupo, reconta suas aventuras, como o dia em que saltou de um helicóptero a 48 metros de altura – apesar dos protestos dos colegas – e acabou entrando no livro dos recordes.

Aqualouco não era profissão nem fonte de renda: era parte da personalidade desses rapazes, que encontraram sua verdadeira vocação ao desafiar o perigo na frente do público, sem receber nada em troca. Hoje com idades entre 65 e 85 anos, esses senhores dão uma inspiradora lição de vida ao mostrar que nunca deixarão de ser Aqualoucos, seja dentro ou fora da piscina.

"Aqualoucos" estreia dia 17 de fevereiro, às 20h30 na GloboNews.